Lei estabelece multa de R$ 500 para quem passar 'trotes telefônicos' a órgãos públicos em Fortaleza