Internações de pacientes em corredores persistem na Capital

O dilema é antigo em grandes hospitais de Fortaleza. Macas improvisadas em corredores. O novo secretário estadual da Saúde reconhece o problema e traça um plano para reduzir o tempo de internação e o excedente de pacientes