Doenças atingem 18 mil pacientes na Capital cearense