Comunicado: o debate indispensável