Comunicado: Mais ação, menos falação