Comunicado: justiça em notas