Rivais, Ceará e Fortaleza se unem por gestão compartilhada do Castelão

Modelo de negócio adotado provisoriamente prevê que a manutenção continue com Secretaria do Esporte e Juventude do Ceará e os clubes operem o Castelão somente nos dias de jogos