'Rei do Acesso' vê preconceito com treinadores nordestinos

Com experiências de sucesso nas séries B, C e D, o treinador afirma que agora o seu grande desejo é trabalhar na Série A do futebol brasileiro