Por dívida, Justiça determina penhora de taça do Mundial do Corinthians

A decisão veio após processo aberto pelo Instituto Santanense de Ensino Superior, que cobra R$ 2,5 milhões do clube