Em 7 horas de audiência, Del Nero diz que provas da Fifa são 'insuficientes'

Dirigente não tem pretensões de voltar ao comando do futebol brasileiro