Lei prevê que Fla e CBF podem ser responsabilizados

A CBF disse que emitiu certificado de clube formador à agremiação em 2017 e confirmou que não fiscalizou o local