Quadro de Miró bate recorde mundial para obras do mestre espanhol na Christie's

Ler

Durante o primeiro dia de leilões da Christie's, na segunda-feira, a obra de Claude Monet "Waterloo bridge, tempo nublado", foi vendida por 26,5 milhões de euros (35,5 milhões de dólares), cerca de três vezes mais que o preço estimado. Foi comprada por um colecionador anônimo americano por telefone.No total, a primeira noite de leilões da Christie's arrecadou 178 milhões de euros, um recorde na Europa.

Também foram vendidas "Les arceaux de roses, Giverny, 1913" de Monet, por 17,789 milhões de euros, "Mosquetero y desnudo sentado" de Pablo Picasso por 9,954 milhões de euros. "Picking Apples", da artista russa Natalia Goncharova (1881-1962) bateu também recordes com 7,308 milhões de euros, cerca de quatro vezes seu preço estimado.

As vendas continuarão nesta terça-feira à noite e são esperados novos recordes, principalmente com a venda de outro Monet, desta vez na Sotheby's, "Nymphéas", obra avaliada entre 10 e 15 milhões de libras (14,77 a 22,15 milhões de euros).