Estrelas do dia

Lorde

João Gilberto Noll

No aeroporto de uma Inglaterra gelada, um escritor brasileiro não sabe o que o aguarda. Recebera de um homem misterioso um convite, as passagens, a oferta de hospedagem e embarcara. Neste romance João Gilberto Noll, com seu estilo consagrado pela crítica, constrói um personagem que transita pelas ruas, hospitais, hotéis, estabelece relações passageiras com desconhecidos, e, como diz, apenas trocou a solidão que vivia no Brasil pela solidão que vive na Inglaterra. Neste livro, o autor expõe com primor as divagações de um sujeito que experimenta o desconhecido para se descobrir. A trama, muito bem urdida, conduz o leitor a caminhos múltiplos, como se estivesse num labirinto.

RECORD
2014, 336 Páginas
R$ 32,00

Milênio

Tom Holland

O motivo central desta trama recai sobre a época de Otto, o Grande, califas e reis vikings, eremitas, monges e servos. Um momento da história que testemunhou a disseminação dos castelos, a invenção da fidalguia e a fundação da monarquia papal. Acima de tudo, um período que incutiu nas pessoas o medo de que o mundo acabasse e - com um esforço enorme que ainda é capaz de nos afetar - reinventou a civilização mais uma vez. Um feito memorável, nada menos do que a fundação do Ocidente moderno. Estabelece, assim, uma intrigante ponte entre o passado e o presente, a memória, a história, as lembranças e o esquecimento. Trata-se de um universo envolto em magias.

RECORD
2014, 434 Páginas
R$ 55,00

O Sol Também se Levanta

Ernest Hemingway

Numa linguagem acelerada, Hemingway cria personagens que logo se inserem no convívio do leitor, destacando-se, como figuras marcadas e marcantes, Jake Barnes, jornalista com ferimento de guerra, Lady Brett Ashley, jovem viúva inglesa por quem ele estava apaixonado, Robert Cohn, escritor em busca de seu caminho, Mike Campbell, playboy inglês que também fazia a corte a Lady Brett, e Pedro Romero, toureiro espanhol com quem ela tem um caso. Uma obra vigorosa que retrata os conflitos e frustrações no pós Primeira-Guerra Mundial.

BERTRAND BRASIL
2014, 294 Páginas
R$ 50,00

A Dama Dourada

Anne-Marie O'Connor

É o retrato de uma época, do esplendor de Paris e Viena e da desgraça que se seguiu no pós-guerra: a perseguição e o extermínio dos judeus. Gustav Klimt, um dos maiores pintores de todos os tempos, era considerado um rebelde no final do século XIX, em Viena, quando pintou a sedutora aristocrata Adele Bloch-Bauer. Este livro é também a história da família Bloch-Bauer, de banqueiros judeus e todo o sofrimento desse povo. A dama dourada revela a saga desse quadro conhecido como O retrato de Adele Bloch-Bauer. A autora descreve como foi confiscado pelos nazistas e a disputa internacional por sua recuperação.

JOSÉ OLYMPIO
2012, 476Páginas
R$ 52,00

O Caminho de Ida

Ricardo Piglia

Estados Unidos, década de 1990. Emilio Renzi desembarca no campus de uma prestigiosa universidade americana da Costa Leste para ministrar um seminário sobre W. H. Hudson, o escritor de língua inglesa que morou na Argentina no século XIX e que se deixou marcar pela vida e pela paisagem daquele país em seus anos de formação. Renzi está a convite de Ida Brown, a brilhante, enérgica, sedutora e polêmica diretora do departamento. Incidentes aparentemente inexplicáveis e movimentos tomam conta d a trama narrativa.

Cia das letras
2014, 248 Páginas
R$ 39,50