Chamada final

Intérpretes, compositores e bandas interessados em se apresentar na Feira da Música, em Fortaleza, têm até esta sexta-feira para se inscrever

Ponto de encontro entre artistas que batalham espaço em uma cena independente cada vez mais concorrida e platéias interessadas em novidades, a Feira da Música de Fortaleza é uma oportunidade de estabelecer essas pontes - ainda tão difíceis quanto necessárias. Difíceis porque, diferentemente da maioria dos editais e de outros processos seletivos voltados a eventos culturais, passar pela peneira da seleção para a Feira não é garantia de fazer parte de sua programação. Diante da ausência de cachê, o evento assume, em conjunto com os artistas escolhidos, a tarefa de viabilizar os shows, procurando, junto a instituições culturais dos diferentes estados, formas de fazer frente aos custos. Principalmente de deslocamento, para bandas de outras cidades.

Um esforço que, em muitos casos, rende resultados compensadores. Principalmente quando a participação na feira é compreendida, além da realização do show em si, como uma oportunidade de divulgar o próprio trabalho, complementando o trabalho feito via Internet, e de fazer contatos com outros representantes dessa movimentada engrenagem.

Que o digam bandas cearenses que já tiveram a oportunidade de se apresentar em outros estados e mesmo no exterior, a partir de contatos realizados durante o evento. Característica que vem sendo reforçada nas últimas edições, com a realização de rodadas de negócios e de momentos de diálogo com produtores e jornalistas estrangeiros, endossados pelo projeto nacional de exportação da música brasileira.

Artistas interessados em mostrar a cara nessa vitrine e procurar aproveitar as oportunidades em potencial que a feira oferece têm até esta sexta-feira, 3/4, para se inscrever à seleção de shows. O material necessário para se candidatar à participação no evento, que este ano acontece de 19 a 22 de agosto, inclui CD com no mínimo três faixas, release e ficha técnica da banda, intérprete ou compositor, além do preenchimento de ficha de inscrição. O evento não exige obrigatoriedade de registro dos artistas na Ordem dos Músicos do Brasil (OMB).

Prorrogação

O prazo de inscrições para bandas - inicialmente previsto para até 20 de março - foi prorrogado até esta sexta-feira. Um adiamento quase que ´de praxe´, explica Ivan Ferraro, da produtora Midiamix, responsável pelo evento, juntamente com a Associação de Produtores de Discos do Estado do Ceará (Prodisc).

´Até que tivemos uma quantidade bem razoável de inscrições até o prazo previsto inicialmente. Mas o que acontece é que como as inscrições abrem bem cedo, em janeiro, são três meses de prazo e muita gente deixa para os últimos dias´, aponta. ´A prorrogação contempla quem tá atrasado e ainda quer mandar o material´, acrescenta, estimando que o número de inscrições recebidas, aproximadamente 200 até 20 de março, deve duplicar até esta sexta-feira. A estimativa é de contemplar 60 artistas ou bandas na seleção. ´Podendo variar um pouco, sempre para mais´, garante.

Ferraro considera que as características da feira, como um espaço de convergência entre artistas interessados em divulgar seu trabalho e buscar possibilidades de retorno mais à frente, já foram devidamente assimiladas pela maior parte dos músicos, superando a dificuldade quanto à ausência de cachê. ´É uma mostra de produtos. A feira já tem isso estabelecido desde 2003, e os grupos que se interessam vêm e tiram resultados, dependendo do esforço de cada um. Muitos seguem tirando proveito de contatos feitos na feira, até nos anos seguintes´, ressalta.

A despeito dessa constatação, o produtor reconhece dificuldades, principalmente para artistas como intérpretes e compositores, que para viabilizar suas apresentações precisam recorrer a outros músicos. ´Com as bandas, de certo modo, isso é mais fácil, pela própria característica delas, de autonomia. Mas os intérpretes e compositores, precisam, além de conseguir chegar a Fortaleza, contratar músicos, pagar esses profissionais. Para isso a gente vem tentando com patrocinadores ampliar nosso orçamento e ter a possibilidade de uma certa ajuda de custo´.

Outras atividades

Além das apresentações musicais, também podem se inscrever interessados em promover, no contexto da feira, atividades como palestras, debates, oficinas e lançamentos de livros. ´Para essas atividades, temos um pouco mais de flexibilidade para trabalhar, então recebemos inscrições até o final de abril´, destaca Ivan Ferraro. Que venha a feira.

Mais informações:

Feira da Música 2009 - Inscrições para a seleção de shows musicais até sexta-feira, 3/4. Envio de material para a produtora Midiamix Comunicação (Rua Engenheiro Plácido Coelho Júnior, 180, Vicente Pizon, Fortaleza-CE, 60175-635). Contatos: 85-3262-5011 / www.feiramusica.com.br.

Comente

caderno3@diariodonordeste.com.br

DALWTON MOURA
Repórter