Previsões

Simbologias e crenças: 2018 chegou!

Com a 'virada' de um ano para o outro a esperança se renova e muitas pessoas buscam orientações para enfrentar os novos desafios. E para este ano, será essencial a aplicação da flexibilidade e adaptabilidade

A numeróloga Arymilda Carvalho destaca que a soma deste ano, que dá 2 na numerologia pitagórica, reforça a necessidade de adaptação e flexibilidade ( Foto: JL Rosa )
00:00 · 03.01.2018 / atualizado às 12:56 por Carol Kossling - Repórter
Yutaka Sakamototrabalha com terapias breves há 28 anos ( Foto: Helene Santos )

Chegamos nos primeiros dias de 2018. Ano novo, vida nova. Para muitos a 'passagem' de um ano para o outro indica muito mais do que números no calendário, representando uma simbologia especial que traz energias renovadas e ainda a possibilidade de encontrar algo novo, seja na vida pessoal ou profissional.

O Zoeira ouviu alguns estudiosos e especialistas em cabala, astrologia, numerologia, umbanda e tarô para entender o que cada técnica orienta para viver bem durante este ano e descobriu que em quase 100% delas a justiça se revelará de forma intensa, trazendo à tona as consequências dos nossos atos.

Sendo um ano de colheita, seja para coisas boas ou ruins pois será de acordo com que cada um plantou ao longo dos últimos tempos.

Há vinte e oito anos trabalhando com terapias breves, Yutaka Sakamoto estudou as previsões por meio da cabala.

"2018 é um ano de felicidade e discórdia ao mesmo tempo. Harmonia para a vida familiar, patriotismo para o País", sinaliza.

Para ele o ano será direcionado por uma rígida força de vontade e um inabalável senso de justiça que levarão a confrontos importantes com o lado mais fraco levando vantagem. "É um ano controvertido e com mudanças não convencionais, porém mudanças eficientes serão introduzidas. E todos passarão a ser mais idealista em suas concepções onde explorará o materialismo por meio da realização de atos criativos e caritativos. É um ano perfeito para fazermos uma reavaliação dos nossos senso de valores", considera.

Escolhas

É ainda um ano de mudanças e sempre iremos nos deparar com uma bifurcação para refletir: "devemos tomar caminho que os demais desejariam que seguíssemos ou o caminho que só pertence a nós mesmos e após observar os caminhos sinalizados pelos demais é preciso descobrir o próprio caminho".

Além de ser um ano que temos que descobrir a capacidade de adaptação, pois é um período que devemos gozar as aventuras da autodescoberta. "Temos que avivar a força do amor, porém buscar enfrentar a atração e repulsão. Aí devemos aprender que os ventos e as ondas vão sempre a favor de quem sabe navegar", diz Sakamoto. O ano revela instabilidade, inconstância, mudanças e situações incertas, logo a impaciência irá formar uma toxina que terminará infeccionando a alma.

Numerologia

Há cerca de vinte anos atuando com os números, a numeróloga Arymilda Carvalho explica que a numerologia tenta buscar, esclarecer e orientar o ser humano, o ser cósmico, sobre a verdadeira conquista ou missão da pessoa no planeta terra a fim de evoluir espiritualmente.

E este ano, que é o ano 2 na soma da numerologia pitagórica, é o ano da lua. "É um ano da concessão, flexibilidade e adaptabilidade. A lua representa a água e tem influência forte sobre as marés, as mulheres e a gestação", diz. A dica principal é que não se deve bater de frente, sendo necessário contornar os obstáculos e não enfrentá-los

"Quanto mais a gente concede e mais se flexiona melhor serão as nossas conquistas. E quando se conquista no ano 2 elas vão se propagando para os outros anos", comenta Arymilda.

É essencial não enfrentar nada com arrogância, agressividade ou prepotência. Assim a conquista será muito maior. "Na política se não houver a diplomacia nada vai fluir. O 2 une e não separa. O 2 também representa a atração e repulsão, será um ano ambivalente", constata.

No ano 2, a numeróloga afirma não ser um momento de investimento, a não ser que seja por meio de união e parceria. "É o momento de esperar para realizar os sonhos. Na questão da justiça é tempo de separar o joio do trigo, as ilusões da realidade", reflete.

Astrologia

Clarissa-Maia
A astróloga Clarissa Maia diz que Saturno em Capricórnio enfatiza as leis de causa e efeito (Foto: Helene Santos) 

Segundo as orientações da astróloga Clarissa Maia para este ano, teremos quatro situações importantes para analisar. Uma delas é consequência de Saturno em Capricórnio. "Este momento enfatiza as leis de causa e efeito na nossa realidade, exigindo mais responsabilidade por aquilo que damos atenção e por nossas ações. Tudo o que viemos plantando nos últimos anos tende a mostrar os resultados agora, sejam positivos ou negativos, de acordo com o que fizemos", enfatiza Maia.

Espiritualidade

Outro momento é Júpiter em Escorpião que traz prosperidade para quem buscar o que existe de mais valioso e essencial na vida, nas pessoas e acontecimentos, dispensando o superficial ou que não tem significado mais profundo. "Já Netuno em Peixes e Júpiter em Escorpião trazem a importância da espiritualidade e conexão com o divino", alerta. É preciso entrar em contato com a natureza, a água, plantas e animais para trazer a sensação de renovação da esperança na vida, revigorando o espírito para as lutas do dia a dia.

Outra questão que chama atenção no ano são os planetas retrógrados que pedem a revisão e ponderação nas tomadas de decisões e iniciativa, com Marte retrógrado; nas relações e valores, com Vênus retrógrada; e nas comunicações e trocas da vida diária com Mercúrio retrógrado", analisa a astróloga.

Umbanda

Outra força forte que virá para este ano são por meio dos orixás. A vice-presidente da União Espírita Cearense de Umbanda, Mãe Tecla, sinaliza quatro orixás após os estudiosos da religião terem jogado os búzios.

Mãe-Tecia
Mãe Tecla informa que 2018 será regido por quatro orixás e será um ano de extremos (Foto: Natinho Rodrigues)

Um deles é Xangô, conhecido por ser um rei justo e correto. "Será necessário fazer uma reflexão este ano. E quem está fazendo as coisas erradas vai ser cobrado", destaca. Será um momento de orai e vigiai, pois teremos que ser muito justos.

"Muitas verdades virão à tona em muitos momentos. Talvez seja um ano marcado por escândalos, é isso quando a justiça acontece. Mas tem o lado de quem planta o bem colherá coisas maravilhosas em 2018. Se você faz o bem não tem que se preocupar só virá o bem. Já as pessoas que gostam de se aproveitar dos outros têm que tomar cuidado", orienta Mãe Tecla.

O Obaluaê, orixá da saúde, tem o poder da cura e de afastar qualquer mal que possa nos assolar. "O clima de 2018 será quente, porém teremos momentos de frio extremo. 2018 será o ano dos 'extremos'", prevê.

Já Iansã, orixá do tempo e dinamismo é a mãe da ventania e de trovões, traz a imagem da mulher guerreira que defende tudo com unhas e dentes, mas espalha o amor e a alegria em todos os momentos. E Exu é considerado um dos orixás mais importantes porque ele é encarregado de transmitir as mensagens dos Deuses na terra aos homens e vive-versa. "É o orixá que está mais próximo de nós, por isso tem a facilidade de nos entender e poder ajudar através dos outros orixás".

Tarô

Elvira-Sena
Elvira Sena, estudiosa de esoterismo, revela que a carta de tarô que orienta o ano é a que simboliza a força (Foto: JL Rosa)

A Força é a carta deste ano, segunda a estudiosa esotérica Elvira Sena. "Esta carta representa as paixões, pessoas efusivas, intensas e a obstinação", afirma. É uma carta que revela domínio sobre as situações. Para o ano, Sena aconselha que é preciso ter calma e temperança. 

"Será um ano de mudanças bruscas com as pessoas trabalhando em busca delas. O brasileiro vai aprender a 'meter as caras' e ir atrás do que quer e não ficar esperando. As pessoas começam a ver uma 'luz no fim do túnel'", analisa.

O ano é para pessoas determinadas que desejam conseguir as mudanças. E algumas pessoas, especialmente as que têm o número 11 no nome, devem orientar as demais nestas buscas.

Previsões

Previsões

Cabala

De acordo com a Cabala, analisada pelo terapeuta Yutaka Sakamoto, este ano será de ambivalência, por conta da soma dos números do ano que resulta em dois. É preciso ficar alerta e ter cuidado. É um ano em que será necessário descobrir a capacidade de adaptação às diferentes situações. 2018 é um ano de felicidade e discórdia ao mesmo tempo. Harmonia para a vida familiar e patriotismo para o País.

Numerologia

Para a numeróloga Arymilda Carvalho, 2018 é um ano que não se deve bater de frente com as situações desfavoráveis. É preciso contornar os obstáculos e não enfrentá-los. Quanto mais houver concessão e maior flexionamento melhor serão as conquistas. E quando se conquista num ano 2, soma numerológica pitagórica, estas conquistas vão se propagando para os outros anos, que seguem até o ano 9.

Astrologia

Os estudos realizados pela astróloga Clarissa Maia revelam que teremos três planetas retrógrados ao longo d este ano. Estes planetas pedem a revisão e ponderação nas tomadas de decisões e iniciativas, no caso de Marte retrógrado; nas relações e valores com Vênus retrógrada; e nas comunicações e trocas da vida diária com Mercúrio retrógrado, que normalmente acontece três vezes ao ano num período de 21 dias.

Umbanda

O ano será regido por Xangô, Iansã, Exu e Obaluaê, segundo a mãe Tecla, vice-presidente da União Espírita Cearense de Umbanda. Em suma 2018 deve trazer muitas chuvas e tempestades e mudanças de clima. Também será um ano de muita justiça, em virtude de Xangô e do planeta Júpiter, que traz a correção de julgamento e a limpeza espiritual. Será um ano de autorreflexão, pois seremos cobrados pelas nossas ações.

Tarô

A estudiosa esotérica Elvira Sena sinaliza que a carta do ano será a da Força. Que representa as paixões, pessoas efusivas e intensas e a obstinação. É preciso ter calma e temperança. Com um ano de mudanças bruscas com as pessoas trabalhando em busca delas. O brasileiro vai aprender a 'meter as caras' e ir atrás do que quer e não ficar esperando. As pessoas começam a ver uma 'luz no fim do túnel'.

Mais informações

Astrologia (98887.9902) 

Cabala (3238.1235/3238.1476) 

Numerologia (997116195) 

União Espírita Cearense Umbanda (3212.3874) 

Tarô (98418.2548)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.