Polêmica

Safadão se pronuncia sobre desentendimento entre Mileide e Thyane

Em nota, o cantor afirma que nunca proibiu nenhuma ligação entre Yhudy e a mãe da criança, Mileide Mihaile

12:47 · 11.09.2018 / atualizado às 13:47
Wesley Safadão
"Está na hora de parar de se esconder atrás de uma máscara, de uma situação que não é verdade", afirmou Wesley sobre as alegações feitas por Mileide ( Foto: reprodução/Instagram )
Mileide e Thyane
O vídeo da discussão entre Thyane e Mileide teria sido feito há cerca de um mês ( Fotos: reprodução/Instagram )

Na manhã desta terça-feira (11), o cantor Wesley Safadão fez uma série de vídeos no Instagram para se posicionar sobre um vídeo de uma discussão entre a ex-mulher Mileide Mihaile e a atual Thyane Dantas. Segundo o artista, o posicionamento dessa vez é para explicar que os problemas que vêm sendo divulgados em relação ao filho não seriam relacionados a dinheiro. 

 

 

> Vídeo de desentendimento entre Mileide Mihaile e Thyane Dantas se espalha nas redes sociais

"Está na hora de parar de se esconder atrás de uma máscara, de uma situação que não é verdade. Está na hora de parar de dizer que a gente persegue e não deixa em paz. Se tem alguém que é perseguido sou eu e minha família", afirmou no vídeo.

Segundo Wesley, as afirmações de que estaria impedindo Yhudy, de 7 anos, de entrar em contato com a mãe durante a estadia na casa do pai seriam mentira. "Isso é uma coisa que precisa ser dita porque está sendo implantada mais uma mentira para que os fakes e esses perfis publiquem. Ninguém maltrata ninguém". O cantor também afirmou que, em relação aos perfis que vêm divulgando as situações polêmicas, uma investigação está sendo realizada e as autoridades estariam próximas de encontrar os responsáveis pela veiculação desse tipo de conteúdo.

Ainda na noite de segunda (10), Mileide Mihaile, que passou seis anos como companheira de Safadão, também usou o stories do Instagram para falar sobre a polêmica. "Não vou conseguir entender nunca como um pai consegue permitir tudo isso e não se coloca nem no lugar", afirmou durante a gravação. "Para mim, já chega, porque eu preciso ter paz para educar e criar o meu filho", também comenta.

 

strong>Desentendimento

 

A história envolvendo a série de discussões entre Mileide Mihale e Thyane Dantas voltou a repercutir na noite do último domingo (9), após a divulgação de um vídeo no qual elas se falam por telefone.

A briga teria se iniciado após Mileide ligar para o filho Yhudy e ser atendida por Thyane, que resolveu registrar a situação em vídeo. "Você deve estar muito segura do que está fazendo, não é mesmo?", diz Mihaile durante o início da ligação.

Na tarde da segunda-feira, a assessoria de Wesley Safadão divulgou nota para falar sobre o caso. Confira o texto completo abaixo:

"Wesley Oliveira e Thyane Dantas Oliveira esclarecem sobre a ligação entre Thyane e Mileide Mihaile, repercutida na noite de ontem pela imprensa e perfis de Instagram. Para contextualizar o diálogo, o casal explica que Thyane atendeu a ligação a pedido da própria Mileide. A ligação entre as duas aconteceu há cerca de um mês e o assunto seria a devolução de celular e tablet levados pela criança para a casa do pai. A família reforça que, desde janeiro, Yhudy tem, na casa do pai, um celular à disposição para que possa falar com a mãe sempre que quiser. Além disso, seguindo a orientação da psicóloga, Yhudy possui na casa do pai tudo que tem na casa da mãe, inclusive eletrônicos. “Não queremos Yhudy com um celular com acesso à internet e o uso do tablet sem supervisão, por isso ser incompatível com sua idade, motivo pelo qual preferimos que, quando estiver sob nossa responsabilidade, ele utilize um telefone do qual possamos ter controle”, afirma Wesley. Sobre o vídeo que foi feito da conversa, a família explica que o fez para se resguardar do conteúdo que seria abordado, dados os fatos já ocorridos, em que houve inúmeras distorções da verdade. Wesley reitera que as medidas tomadas são sempre visando bem-estar de Yhudy, todas previamente informadas à mãe. Além disso, ressalta que Yhudy tem uma convivência harmoniosa com sua família e que é muito amado e cuidado por todos. A família Oliveira zela a importância de uma convivência saudável e preza por isso".

Decisão judicial

No fim de julho deste ano, em audiência na 12ª Vara de Família do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza, a Justiça definiu que Wesley Safadão deve pagar 40 salários mínimos de pensão alimentícia para o filho Yhudy. Antes, o valor era de 10 salários mínimos.

O desentendimento entre eles teria se iniciado ainda quando Mileide foi notificada de um processo de revisão de pensão. Na época, Wesley justificou que a ação seria para alterar a forma de pagamento do valor e não para diminuí-lo.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.