Nota de esclarecimento

Safadão justifica que entrou com ação pedindo a alteração na forma de pagamento da pensão do filho

Cantor se pronunciou através de sua assessoria de imprensa

13:19 · 14.06.2018 / atualizado às 16:30
Wesley Safadão
Wesley Safadão alega que quer alterar a forma de pagamento da pensão ( Foto: Reprodução/Instagram )

Wesley Safadão, por meio de nota divulgada por sua assessoria de imprensa, justificou que entrou com ação de revisão de pensão de seu filho mais velho, Yhudy, 7, fruto do relacionamento com Mileide Mihaile, pedindo a alteração na forma de pagamento e não a redução da pensão alimentícia, permanecendo inalterado o valor total pago atualmente.

"O processo corre em segredo de justiça para preservar os envolvidos e principalmente a criança. Desta forma, qualquer manifestação sobre o assunto ocorrerá somente nos autos processuais", diz ainda a nota.

Entretanto, Mileide nega que se trate de um pedido de alteração. A assessoria de imprensa da empresária disse ao Diário do Nordeste que "ela foi sim intimada para reaver a pensão, o objetivo do pai é diminuir ainda mais o valor. A intimação foi clara, ele pede o reajuste menor de 10 salários mínimos".

Ainda conforme a assessoria, Mileide se sentiu "altamente invadida e declarou que se for pra revisar, que seja feito de uma forma justa e correta".

> Safadão pede na justiça redução de pensão de R$ 9 mil que paga ao filho com Mileide

Entenda o caso

Mileide disse em entrevista ao "Uol", quarta-feira (13), que o artista pediu a redução do valor da pensão que ele paga para o filho do casal. Ainda de acordo com a influenciadora digital, o artista paga atualmente dez salários mínimos, pouco mais de R$ 9.500.

"Ele quer uma revisão de pensão. Fui intimada semana passada. Estou muito triste, não por mim, nunca entrei com nenhuma ação contra ele para nada, mas pelo meu filho. Acredito que ele precisa conviver [conosco] em paz e precisa de recursos também. Acho que isso é uma maldade muito grande". 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.