Séries

Robin Wright reclama mais uma vez de desigualdade salarial em "House Of Cards"

Atriz defende que seu personagem tem o mesmo peso do interpretado por Kevin Spacey

13:48 · 19.05.2017

Ano passado, a atriz Robin Wright exigiu que a Netflix igualasse o salário dela e de Kevin Spacey, ambos protagonistas da série "House of Cards". Capa da revista The Edit, a estrela disse que o cenário não mudou desde então. 

“Fui informada que recebíamos o mesmo salário e acreditei, mas recentemente descobri que isso não é verdade…é algo que precisa ser investigado”, disse durante a entrevista.
 
Em busca de igualdade em um ramo onde é "comum" a segregação de gênero, Wright foi uma das atrizes que exigem que o papel feminino seja valorizado.
 
“Claire e Francis são equivalentes quanto ao poder, união e ao enredo. Eu posso não ter tantas cenas ou palavras como o Francis, mas Claire não precisa verbalizar tanto. Francis é um orador, um poeta, um demonstrador”, conta.
 
Os atuais salários de Wright e Spacey não foram confirmados, mas fontes do Huffingt Post especulam que o ator ganhe cerca de US$500 mil por episódio, enquanto a atriz US$420 mil.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.