Polêmica

'Não me desculpo pela sinceridade', diz Maisa após polêmica com Silvio Santos

A sinceridade de Maisa, que acaba de completar 15 anos, rendeu comentários e memes nas redes sociais

19:59 · 19.06.2017 / atualizado às 20:39 por Folhapress
Maisa
Maisa usou seu perfil no Twitter para se pronunciar sobre a polêmica
Silvio Santos sugeriu que Maisa Silva e Dudu Camargo formassem um casal, durante o "Programa Silvio Santos" de domingo (18) e a atriz retrucou dizendo que o rapaz não fazia seu tipo, e que não estava lá para arrumar namorado. 
 
A sinceridade de Maisa, que acaba de completar 15 anos, rendeu comentários e memes nas redes sociais. 
 
Ela usou seu perfil no Twitter para se pronunciar sobre a polêmica. Primeiro, retuitou comentários como "ela não gostar das coisas que ouviu não é desrespeito, desrespeito é alguém ficar forçando e dando em cima" e "achei perfeita sua participação e sinceridade, o pessoal gosta de iludir e você não, parabéns."
 
Depois, fez uma publicação no Twitter dizendo que "nem todo mundo é obrigado a aceitar 100% das coisas que ouve e eu não me desculpo pela sinceridade.
 
 

Ao participar do programa de Silvio Santos, que foi ao ar na noite desse domingo (18), Maísa Silva, de 15 anos, respondeu com sinceridade às perguntas feitas pelo apresentador. Isso porque Silvio afirmou que a convidou para que pudesse juntá-la com Dudu Camargo, de 19 anos, que apresenta o jornal Primeiro Impacto no SBT. No entanto, Maísa não pareceu nem um pouco interessada. “Se for pra isso, eu posso ir embora, porque eu não estou aqui para arrumar namorado, estou aqui para participar do programa. Isso é um ultraje, é constrangedor você me submeter a uma situação dessas", disse. Nesta segunda (19), as respostas de Maísa repercutiram nas redes sociais. Veja no vídeo. #maisasilva #silviosantos #duducamargo #programa #redessociais #diariodonordeste #dn

Uma publicação compartilhada por Diário do Nordeste (@diariodonordeste) em

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.