disparidade

Mark Wahlberg ganha 1.500 vezes mais que Michelle Williams em filme "Todo o Dinheiro do Mundo"

Enquanto Wahlberg recebeu US$ 1,5 milhão, Michele Williams recebeu US$ 1.000, pelo mesmo período de gravações

14:25 · 12.01.2018 por Folhapress
Michelle Williams
Michelle Williams interpreta "Gail Harris" no filme "Todo o Dinheiro do Mundo" ( Foto: AFP )

Para refilmar as cenas de "Todo o Dinheiro do Mundo", de Ridley Scott, o ator Mark Wahlberg recebeu um salário que é 1.500 vezes maior que o que sua colega de cena, a atriz Michelle Williams, ganhou.

Segundo os jornais "The Washington Post" e "USA Today", Wahlberg exigiu US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 4,8 milhões) para refilmar as cenas do longa.

Já Michelle Williams teria recebido US$ 1.000 (ou R$ 3.200) para o mesmo serviço — nove dias de refilmagens.

Essas cenas do longa de Scott tiveram que ser refilmadas após Kevin Spacey, denunciado por acusações de assédio sexual, ter sido despedido e substituído por Christopher Plummer.

Walhlberg e Williams são representados pela mesma agência de talentos em Hollywood.

Ao que consta, a atriz não sabia que seu colega havia acertado um cachê tão grande quando ela se dispôs a fazer o trabalho extra por tão menos.

A notícia da disparidade de ganhos incendiou Hollywood, que vive nos últimos tempos um grande debate sobre machismo, abusos sexuais e representatividade feminina na indústria.

Engajada, a atriz Jessica Chastain disparou numa rede social: "Ela [Michelle Williams] está nesse ramo há mais de 20 anos. Merece mais do que 1% do salário de seu colega".

Michelle Williams foi indicada ao Oscar quatro vezes, mas ainda não recebeu a estatueta. Sua última indicação foi como coadjuvante em "Manchester à Beira-Mar", em 2017.

Como ator, Wahlberg foi indicado uma vez ao prêmio, por "Os Infiltrados", em 2007.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.