Hollywood Hills

Demi Lovato coloca casa em que teve overdose à venda por quase R$ 39,5 mi

A cantora não retorna ao local desde o ocorrido

21:03 · 04.09.2018 por Folhapress
Demi Lovato
Demi passou por uma clínica de reabilitação e foi encaminhada para um novo tratamento psiquiátrico ( Foto: reprodução/Instagram )

Demi Lovato, 26, colocou à venda, pela bagatela de US$ 9,495 milhões (cerca de R$ 39,5 milhões), a casa em que morava em Hollywood Hills, nos Estados Unidos. O imóvel é o mesmo em que a cantora e atriz teve uma overdose no início de agosto. Ela não retorna ao local desde então. 

A casa, comprada por Demi em setembro de 2016 por US$ 8,3 mi, já havia dado problemas antes. Segundo o site TMZ, em janeiro de 2017, ela sofreu risco de desabamento por conta de uma série de tempestades. Um deslizamento de terra chegou a cair sobre a garagem do imóvel e comprometeu a encosta. 

No mês passado, a cantora foi encontrada desacordada dentro do imóvel, onde recebeu os primeiros atendimentos por conta de uma overdose. Desde então, ela ficou dez dias internada e foi, em seguida, para uma clínica de reabilitação, não retornando para a casa. 

Na semana passada, a polícia descobriu o esquema de uma quadrilha para invadir e furtar o imóvel. Os criminosos, no entanto, não chegaram a tentar entrar na propriedade, já que foram presos antes, agiam em outro imóvel de Los Angeles. Desde então, o patrulhamento na região foi reforçado. 

Demi sofre com o vício em álcool e drogas desde o início de sua carreira e já passou por internações para tratar problemas psicológicos e alimentares em 2010. Em março deste ano ela chegou a comemorar seis anos de sobriedade. Em sua última música, 'Sober', lançada em junho, no entanto, ela se desculpava por não estar sóbria

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.