Fancy Nancy

Ator Duda Nagle estreia como dublador da Disney

O ator ainda afirma que o processo de dublagem tem sido um aprendizado útil para sua carreira, como um treinamento avançado

15:30 · 10.09.2018 / atualizado às 20:04 por Folhapress
duda e sabrina
Duda se prepara para tornar-se pai, ao lado da mulher, Sabrina Sato, 37. Já passando das 28 semanas de gravidez, o casal se prepara para receber a primeira filha e ainda está assimilando a novidade ( Foto: Agência Brasil )

Duda Nagle, 35, estreia em outubro como dublador em um desenho infantil do canal Disney Junior. O ator viverá Doug, um pai de família na série Fancy Nancy, que estreou em julho nos Estados Unidos e é baseada na coleção de livros da escritora Jane O'Connor.

"Está sendo muito divertido. Eles transformam a voz em uma coisa quase que imagética, como se fosse uma partitura: o texto é todo dividido de uma forma peculiar e adaptada, e tem todos os gráficos de áudio", conta Nagle sobre a experiência.

O ator ainda afirma que o processo de dublagem tem sido um aprendizado útil para sua carreira, como um treinamento avançado. "Eu tinha uma leve experiência disso porque já tinha dublado a mim mesmo em algumas séries de TV. Também sempre gostei de gravar meus textos e ficar escutando depois."

Sobre sua estreia na Disney, que acontece no dia 22 de outubro no Disney Junior e tem pré-estreia no dia 14, também no canal Disney Channel, Nagle afirma que está ansioso. "Cresci assistindo a desenho e filmes da Disney. É muito legal ver isso de dentro. Às vezes eu escuto a minha voz ali e penso 'Cara, está com voz de dublador', porque é um tipo de fala diferente", conta.

"Doug é ligeiramente atrapalhado e eu também sou. Acho ele super atual, o pai moderno de hoje em dia. Ele está sempre disponível e presente, mesmo quando está cheio de tarefas para resolver. E isso, de certa forma, é uma ótima lição de vida no momento que eu estou vivendo. Estou precisando um pouco dessas referências", completa.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.