Bastidores

Onde Nascem os Fortes: toda a força do sertão

Com estreia no dia 23 de abril, "Onde Nascem os Fortes" mostra um sertão com paisagens inspiradoras e história forte

A fábrica de bentonita é um dos cenários da supersérie. O local realmente existe e é uma das maiores fábricas do Brasil
00:00 · 14.04.2018 por Gabriela Dourado - Editora Assistente

A vida no sertão paraibano mudou muito nos últimos dias. Após sete anos de uma seca cruel e sem ver uma gota de água cair do céu, a chuva resolveu aparecer, mudando completamente a paisagem das cidades. Das cores de terra barrenta para o verde dos mandacarus florescendo, a transformação alterou outro cenário: o das gravações de "Onde Nascem os Fortes", supersérie da Globo que estreia no próximo dia 23, com história ambientada na Paraíba, na fictícia cidade de Sertão.

LEIA AINDA
> Alice Wegmann: madura e atenta
> Jesuíta Barboisa: Shakira do Sertão

Os caminhos percorridos por Maria, Nonato, Cássia, Pedro, Ramiro e outros personagens que contarão a história passam por municípios como Boa Vista e Cabaceiras. Na primeira cidade está uma fábrica de bentonita, minério extraído do solo paraibano e que ambientará a história de Pedro Gouveia, personagem de Alexandre Nero.

Image-2-Artigo-2387613-1

Alexandre Nero, Patricia Pillar e Fábio Assunção estão no elenco

Por lá, montanhas e pirâmides de pedras e areias formam um cenário distópico a la "Mad Max", que necessita de pouca intervenção para se tornar um excelente campo de filmagem. "Nas nossas visitas em busca de locações, encontramos esse lugar quando estávamos nos encaminhando para outro lugar. Um filósofo disse certa vez que uma boa história se escreve com os pés. Percorremos mais de 5 mil quilômetros pelo Nordeste antes de escrever essa história", disse George Moura, que assina a autoria da supersérie junto com Sergio Goldenberg.

Trama

"Onde Nascem os Fortes" começou com o desejo dos autores de "sair das histórias urbanas que o Brasil todo já conhece", como reforça Moura. "A motivação maior de criar a série foi o desejo de voltar ao sertão para contar uma história de ficção que fosse de alguma maneira que fosse o espelho dessa realidade que a gente tá vivendo", complementa o autor.

Image-6-Artigo-2387613-1

Sergio Goldenberg e George Moura são os autores da supersérie (Foto: João Miguel/Globo)

O enredo gira em torno da história de duas mulheres, Cássia (Patricia Pillar) e Maria (Alice Wegmann), mãe e filha, que largam suas vidas no Recife para descobrir o paradeiro de Nonato (Marco Pigossi). Gêmeo de Maria, ele sumiu após se envolver numa briga banal de bar com o Rei de Sertão, Pedro Gouveia (Alexandre Nero).

Cenografia

Image-4-Artigo-2387613-1

Com pouquíssimas cenas rodadas em estúdio, a supersérie explorou ainda outros pontos da Paraíba. Em Cabaceiras, mais especificamente no Lajedo de Pai Mateus, a equipe produziu uma grande estrutura com canos de PVC que imitam galhos de madeira, tão típicos nas cidades interioranas. Lá será cenário para líder religioso Samir, vivido por Irandhir Santos.

Image-3-Artigo-2387613-1 Image-5-Artigo-2387613-1

O Lajedo de Pai Mateus, em Cabaceiras, foi principal locação e recebeu intervenções da cenografia

"Aqui é um lugar que tem uma coisa meio planetário, é lindo, parece cenográfico, você não consegue significar. Ele tem uma energia, um astral que fizeram com que esse lugar determinasse que fosse aqui o lugar onde gravaríamos essa história", disse o diretor artístico da supersérie, José Luiz Villamarim.

Com um visual impressionante, composto por gigantescas pedras e solo de granito, o Lajedo de Pai Mateus se tornou o Lajedo dos Anjos na ficção.

Encontro com elenco

Image-7-Artigo-2387613-1

Gabriel Leone e Carla Salle namoram na vida real

Durante evento que apresentou algumas cenas de "Onde Nascem os Fortes" (inclusive para os atores, sem sinal de televisão na estadia), o elenco comentou o quão transformadora tem sido a experiência de viver há mais de cinco meses no sertão.

"Eu sou um cara que confesso que estou meio desanimado com o ser humano já faz um tempo, meu filho me deu uma injeção de ânimo. Mas as pessoas aqui são muito esperançosas, elas acreditam muito, elas não desistem e isso é uma coisa que eu vou tentar levar na mala comigo", comenta Nero.

Fábio Assunção será o juíz Ramiro, um ser formal e sombrio que é viúvo e criou sozinho o filho, Ramirinho (Jesuita Barbosa), com quem tem uma relação distante e fria. A vivência nas gravações fizeram com o que o ator tivesse uma reflexão pessoal.

"O sertão é uma força da natureza, a gente está em um lugar sagrado. Tem uma família aqui que tem mais de 100 membros. Imagina o que não tem de Nelson Rodrigues nisso? O sertão tem essa potência de ser um lugar para acordar. Você vê coisas que não vê nas grandes cidades. Eu era uma criança que escovava os dentes com a torneira aberta. A água para mim não era uma questão", reflete.

Já Patricia Pillar, que será Cássia, mãe de Maria e Nonato, tem uma proximidade emocional com o Nordeste. "Minha avó é de Quixadá, no Ceará, minha mãe de Salvador, então aqui eu me sinto totalmente em casa. Tem muita gente aqui que não passou por essa vivência. Fico feliz de ter muitos atores nordestinos no elenco", finaliza.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.