Teatro

Graça em família

Luana Piovani, Thelmo Fernandes e Omar Menezes trazem a Fortaleza a estreia nacional do espetáculo "Ele ainda está aqui". Na trama, as relações familiares são retratadas com humor

00:00 · 07.09.2018
Image-0-Artigo-2450007-1
Omar Menezes, Luana Piovani e Thelmo Fernandes interpretam os irmãos na peça ( Foto: José Guertzenstein )

O drama familiar de "Ele ainda está aqui" vem a Fortaleza para sua estreia nacional. O espetáculo, com texto e direção de Silvio Guindane, apresenta a história de três irmãos que se conhecem somente após a morte do pai.

Com Luana Piovani, Thelmo Fernandes e Omar Menezes no elenco, a peça tem como tema central a família. A trama do pai rico e ausente retratada com humor faz refletir acerca das relações humanas e parentais.

"Eu acho que essa peça questiona muito forte o amor. O teatro é feito pra discutir relações humanas, pro público pensar e refletir sobre os comportamentos apresentados", afirma o diretor Silvio.

Trama

O diretor conta que a família já é um tema com o qual está acostumado a trabalhar e, por isso, recebeu o convite para escrever a peça. "Tive a ideia de criar essa relação da ausência, do dinheiro e de como ele pode afastar a família. Três irmãos que se conhecem no velório do pai e com uma fortuna, é óbvio que vai dar confusão", diz.

Após a morte do pai, as vidas de três pessoas de países diferentes e que nunca haviam se conhecido, se cruzam e eles devem decidir sobre o futuro que os aguarda e como dividirão a herança.

É a partir daí que começa o desenrolar da história. Cada um tem uma personalidade distinta e eles terão que tentar se entender para chegar a um consenso. "Os personagens da Luana e do Thelmo estão tentando se enquadrar independentemente da situação que eles tão, tentando se adequar no mundo. Já o do Omar é quem leva a palavra do amor pra peça, apesar dele ser o menos forte intelectualmente", explica o diretor.

Para Silvio, é preciso questionar esse modelo familiar em que o pai é o responsável pela renda da casa, mas "nunca trocou uma fralda do filho. Ele é bem visto pela sociedade, mas dentro de casa não é assim e há uma conta a se pagar no futuro".

A atriz

Luana Piovani interpreta Bárbara, a irmã brasileira. Uma mulher prática e que quer conquistar sua independência. "Ela quer melhorar de vida e, com a situação, entendeu que agora vai poder ter uma vida mais bacana, mais independente", explica a atriz.

A veterana dos palcos também já acumula experiências das telinhas, em novelas e filmes. Para ela, o desafio do teatro é o compromisso com a plateia assistindo ao vivo e não poder errar, mas acredita que o gênero é o melhor para se retratar a família, já que é o que mais se aproxima da realidade. "No teatro, quando abre o pano, é tudo nosso (dos atores)".

Com planos para morar fora do Brasil, Luana Piovani conta que seus trabalhos e projetos aqui continuarão, a ideia é apenas "abrir novos horizontes na Europa".

Ainda neste mês a atriz estreia no filme "O Homem Perfeito" e continuará em cartaz com o espetáculo em temporada pelo país, além de passar por Portugal, Angola, Moçambique e outros países.

 
Mais informações: 
 
Espetáculo “Ele ainda está aqui”
Hoje e sábado, às 21h; domingo, às 19h, no Theatro Via Sul Fortaleza (Av. Washington Soares, 4335, Edson Queiroz). Ingresso: R$80 (inteira) e R$40 (meia) na plateia inferior; R$60 (inteira) e R$30 (meia) na plateia superior. (3099.1290) 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.