Dança

Dia Internacional da Dança: bailarinos em foco

Durante o mês de abril, quando é comemorado o Dia Internacional da Dança, uma série de equipamentos culturais do Ceará leva ao público diversos espetáculos com esta linguagem artística como elemento principal

00:00 · 06.04.2018 por Mylena Gadelha - Repórter
Touro Azul
O Touro Azul será apresentado no Teatro Dragão do Mar

O Dia Internacional da Dança é comemorado no dia 29 de abril, mas durante todo o mês diversos equipamentos culturais do Ceará se dedicam a homenagear a data e trazer espetáculos voltados para essa linguagem artística. Como exemplo, um dos maiores espaços de cultura do Estado, o Centro Cultural Dragão do Mar, deve oferecer programação extensa nos próximos dias em toda a Capital.

De acordo com Rogério Mesquita, curador do Teatro Dragão do Mar, as apresentações foram pensadas também no intuito de democratizar o acesso à dança, além de mostrar a rica produção artística cearense. "Buscamos fortalecer e reforçar a produção e a fruição da dança no Ceará e entender quem é e onde está o seu público", afirmou.

Enquanto isso, outro local que também aposta em apresentações de dança é o Centro Cultural Grande Bom Jardim, que traz espetáculos abertos ao público durante este mês.

Expressões diversas

Mesmo que a data só seja de fato comemorada no fim de abril, a partir do dia 12 o CCBJ já abre espaço para diversas expressões desse tipo. Porém, o intuito não é só celebrar. Aqui ganham holofotes montagens feitas pela localidade do Centro e que envolvem dança, música e formação. Temas como o cotidiano do bairro e até mesmo tramas relacionadas a travestis e transexuais vítimas de violência estarão presentes nos palcos.

Um dos que serão mostrados ao público é o "Canil". Desenvolvido em formação do Porto Iracema das Artes, tem como foco principal a violência. "O trabalho participou de uma pesquisa de coreografia e aborda sobre as violências mais simbólicas, as violências mais sutis, que estão subentendidas", explica um dos responsáveis pela montagem, Edmar Cândido. Além dele, Erick Vinicius, também no comando das pesquisas, contou sobre o processo. "O trabalho foi pensado de forma para não ser apresentado de forma convencional", comenta.

Também ganham forma no Fuxico do Dragão, feirinha já tradicional na Capital, as celebrações em nome da dança. No dia 22, o especial é o Fuá de Salão, onde os visitantes poderão ter a experiência de se arriscar nos passos da dança de salão.

Enquanto isso, o No'tro Corpo ensaia as possibilidades do corpo e entrelaça diversas questões em cena. Com tantas opções, é só escolher o que prestigiar.

Programação

Dias 7 e 8

Dança daí que eu danço daqui

A montagem apresenta um diálogo entre os solos de Janaína Bento, com "Essa Nêga", elaborado dentro do Curso Técnico em Dança (Turma 2016), e Thiago Torres, com "Quantas danças dura um Café?". Às 20h, no Teatro Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Ingresso: R$ 10 e R$ 5 (meia). (3488-8600)

Dias 14 e 15

O Touro Azul

Com direção de Andreia Pires, o espetáculo é inspirado no poema "Mar Absoluto", de Cecília Meireles. A montagem é resultado de um processo de pesquisa, exploração do movimento e montagem da cena contemporânea da dança. Às 20h, no Teatro Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Ingresso: R$ 10 e R$ 5 (meia). (3488.8600)

Dia 18

Dança em Movimento 2018

Mostra de trabalhos desenvolvidos por profissionais e amadores, com a proposta de apresentar uma diversidade de coreografias . Às 19h30, no Teatro Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Ingresso: R$ 40 e R$ 20 (meia). (3488.8600)

Dia 19

Carmim

Espetáculo traz questionamentos sobre a indiferença. A violência que ronda e faz suas vítimas. De acordo com o resumo do espetáculo, pessoas morrem e no teor das chamas nos acostumamos. Às 18h30, no Centro Cultural Bom Jardim (Rua Três Corações, 400, Bom Jardim). Gratuito. (3497.5991)

Dia 22

Fuxico no Dragão

Feirinha de artigos criativos que reúne expositores de produtos de design, moda e gastronomia. Para celebrar o Dia Internacional da Dança, o Fuxico realiza mistura de ritmos das danças de salão para o público. Das 14h às 20h, no Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Gratuito.

Dia 25

Canil

Quando a vigilância é considerada uma instância de promoção da ordem e controle social do espaço público, até que ponto ele é deveras público? A sensação de liberdade e o direito de ir e vir são ilusórios. Às 18h30, no Centro Cultural Bom jardim (Rua Três Corações, 400, Bom Jardim). Gratuito. (3497.5991)

Dia 26

A Rua é Noiz

Nossa periferia é nosso cenário real e simbólico e nosso enredo é nossa gente e nossos lugares de cada dia. Queremos dar conta de nós mesmos, nos revelar e desvelar aquilo que nos define. O espetáculo se propõe a trazer cenas da realidade de quem vive no Grande Bom Jardim. Às 18h30, no Centro Cultural Bom jardim (R. Três Corações, 400, Bom Jardim). Gratuito. (3497.5991)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.