Coluna

Zunzunzum: o novo homem

00:00 · 14.02.2018
Juliano Cazarré está no ar em "O Outro Lado do Paraíso"

Juliano Cazarré diz que tornou sua rebeldia 'mais inteligente' com o tempo. O ator, no ar em "O Outro Lado do Paraíso", fala sobre esteriótipos de gênero

Intérprete do garimpeiro Mariano em "O Outro Lado do Paraíso", Juliano Cazarré, 37, acredita que é hora do mundo do entretenimento equilibrar melhor as relações entre masculino e feminino.

Em entrevista à revista "GQ", o ator também falou sobre o lugar da rebeldia hoje em sua vida.

"Com o tempo essa rebeldia vai ficando mais inteligente, mais profunda e menos pueril. Quando a gente é jovem, tem a nudez, o palavrão, o enfrentamento, mas aí fica mais velho e a rebeldia é contra coisas mais graves. Com tanto Trump, Kim Jong-un, merda no Brasil e no mundo, não dá para perder tempo com o que é supérfluo".

Masculinidade

Na pele do personagem "machão", porém doce e apaixonado, Cazarré fala sobre a necessidade de um mundo mais sensível e mostra que, tanto na atuação como em sua vida pessoal, é possível desenvolver o equilíbrio exato entre virilidade e a feminilidade.

"Acho que esse é o novo estereótipo do homem nas tramas. Aquele machão sem sentimentos não existe e não há mais interesse em cultivar esse personagem. Na atuação contemporânea, o homem é quase sempre representado com um ser cansado, fraco, débil. Isso não é uma reclamação. O homem está mesmo cansado, mas ele está se permitindo chorar, quebrar, pedir ajuda", analisa.

O ator afirmou que precisa haver mais presenças femininas para que se possa perdoar e amar mais.

"A gente precisa caminhar para um mundo com uma maior presença do feminino, um mundo mais sensível, capaz de amar, perdoar, se expressar. Homens e mulheres são capazes, mas acho que elas vão trazer isso com mais intensidade, conforme o planeta lhes der mais cargos, voz, espaço e visibilidade".

*Com informações da agência Folhapress

 

Anitta irá fazer uma performance na premiação americana Lo Nuestro Awards no dia 22 de fevereiro

 

25  mil

É o preço avaliado de peça que a atriz Bruna Marquezine usou em ensaio. O macacão transparente ousado já foi utilizado por Rihanna e Kim Kardashian. A atriz declarou ainda seu amor pelo mundo da moda e afirmou que, para ela, é uma forma de expressão 

 

“Galanteio é Galanteio, assédio é Assédio”, Taís Araújo sobre o comportamento masculino 

Filme 

 

 

Jojô Todynho fará uma participação especial como ela mesma em um longa brasileiro. A funkeira carioca estreará no cinema participando do filme “Crô em Família”. Pabllo Vittar e Preta Gil também farão participações no filme que estreia dia 19 de julho

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.