coluna

Zunzunzum: história na música

00:00 · 09.08.2018
Fafá de Belém foi a convidada do 'Conversa com Bial' na última terça-feira (7)

Fafá de Belém foi entrevistada no programa 'Conversa com Bial' e falou de religiosidade, carreira e até sobre a política no País

Considerada "Musa das Diretas" nos anos 1980 e dona de uma risada espontânea e emblemática, Fafá de Belém contou um pouco da trajetória profissional e de tudo que já vivenciou no mundo da música no programa 'Conversa com Bial', na última terça-feira (7).

Além disso, falou sobre a importância da música em sua vida, da influência de grandes mulheres, como Sophia Loren, da sensualidade do Pará e de sua religiosidade, e ainda aborda temas como a descriminalização do aborto.

Com um sorriso no rosto, Fafá chegou ao palco para conversar com Bial sem muitas papas na língua. Aos 62 anos, a cantora cresceu em um universo de muita música e sem preconceito, ouvia de tudo um pouco: Foxtrot, Jazz, MPB, Beatles e Roberto Carlos. Fafá revelou que só começou a cantar porque queria frequentar a "roda dos adultos". "A música é a minha amiga mais remota, me ensinou a falar, foi quem me atropelou e me deu carona para o resto da vida".

Carreira

Com a música, passando pelo repertório de 40 anos de carreira, a cantora animou a plateia e ainda confirmou que todas as que escreveu possuem um recado destinado a alguém: "Todas as minhas músicas eram um recado pra alguém. Um namorado meu já me fez vender 3 milhões de cópias", brincou ela.

Bial comentou sobre religiosidade e resolveu relembrar que ela é "a mulher que cantou para três Papas".

"Sou fã de João Paulo II, acho que ele causou uma revolução. Fiquei encantada com as portas que ele fechou e as que ele abriu", opinou ela.

Política e assuntos polêmicos como a descriminalização do aborto e das drogas também foram abordados nesse papo. "Nenhuma mulher faz um aborto porque quer. Temos que conscientizar a prevenção e cuidar dessas meninas que fazem o aborto. É preciso descriminalizar e ter um atendimento a elas", enfatizou a artista.

Com a proximidade das eleições, Fafá de Belém comentou as diferenças entre os dias atuais e o movimento pelas Diretas, em 1984 e deu seu palpite sobre o País.

"Acredito que, quando essas lideranças todas se unirem pensando um novo caminho para o povo, vamos ter uma solução para esse País", declarou a cantora.

Mais...

Rihanna receberá o título de “doutora honorária em Letras” pela Universidade das Índias Ocidentais
 
6
milhões de dólares. É o valor arrecadado, em média, pela cantora norte-americana Taylor Swift em cada show da “Reputation Stadium Tour”. Após o lançamento do novo disco, em novembro de 2017, ela não realizou nenhuma apresentação para menos de 47,5 mil espectadores.
 
“é estranho! Não podemos fazer isso”, se divertiu Mila Kunis ao falar sobre atuar ao lado do marido Ashton Kutcher
 
Cinema
 
A série live-action deStar Wars deve ter um orçamento de US$ 100 milhões por 10 episódios, segundo afirma o The New York Times. A série, que ainda possui a trama principal em sigilo, será lançada na plataforma de streaming, que ainda será criada pela Disney

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.