coluna

Puxa o Fole: Grata surpresa

00:00 · 30.09.2017 / atualizado às 11:47
Day e Lara cruzaram caminho em Goiânia, capital do sertanejo

A Academia Latina da Gravação anunciou, na terça-feira (26), a lista dos finalistas indicados à 18ª entrega anual do Grammy Latino. Junto com o anúncio, uma surpresa: a presença da dupla Day e Lara na categoria "Melhor Álbum de Música Sertaneja".

A premiação é o mais importante reconhecimento que um artista pode receber pela excelência na música latina. Os critérios são técnicos e avaliam a qualidade musical do trabalhos dos países participantes.

Não basta ter um hit nas paradas do mundo inteiro, como Michel Teló com "Ai se eu te pego", em 2012; ou ser queridinho do público como Luan Santana e Jorge e Mateus. Nenhum desses, inclusive já indicados, foram vencedores. Tem que conquistar o gosto da Academia - o que deixa o reconhecimento mais gratificante.

Day e Lara respondem as perguntas da Coluna Puxa o Fole em vídeo

 

Tanto os indicados quanto os ganhadores são eleitos por votos de membros da Academia. Os eleitores são profissionais da indústria da música.

"Nós ficamos impressionadas. Essa é uma premiação que não tem lobby ou jabá", diz Day em entrevista à Coluna Puxa o Fole.

A surpresa é pelo tempo que a dupla tem de mercado: um pouco mais de um ano. Elas não esperavam a indicação. O reconhecimento veio com o primeiro DVD, intitulado "Day & Lara (...)", gravado em Goiânia, em 2016.

"Estamos felizes pela indicação. Já está lindo, principalmente porque estamos ao lado de grandes nomes da música", pontua Lara.

As jovens Day, nascida em 1993, e Lara, em 1994, concorrem com Simone e Simaria (Live), Marília Mendonça (Ao Vivo em Manaus), Daniel (Daniel) e Luan Santana (1977). "São pessoas com projetos consolidados. Estar entre esses gigantes e ter o trabalho equiparado ao deles nos deixa honradas", comenta Day.

A notícia da indicação foi recebida com euforia pelas cantoras. Elas estavam na casa de Day, resolvendo detalhes do próximo DVD. A ligação foi do empresário, que, de tanta emoção, não segurou os palavrões.

As cantoras creditam a qualidade do produto gravado ao harmonioso trabalho entre banda, empresário, compositores e produção. "Reunimos pessoas que acreditam no nosso trabalho, também agregamos composições próprias", afirma Lara.

Humilde, mas confiante, Day sonha com o Grammy. "Já separei na minha estante um espaço para esse prêmio". Em 2016, a vencedora foi Paula Fernandes, com o álbum "Amanhecer".

Coleguinhas

Com carreira impulsionada no Ceará, as irmãs Simone e Simaria também concorrem no Grammy. Hoje bem diferentes do Forró do Muído que tanto embalou noites no Forró no Sítio, as baianas colhem os frutos da renovação.

Mesmo entre os que preferem a antiga "pegada" das Coleguinhas, há a felicidade unânime pela conquista entre quem as acompanhou desde o início da carreira.

Simone e Simaria

Simone e Simaria foram indicadas pelo álbum "Live"  (Foto: JL Rosa)

"Passa um filme na nossa cabeça, de tudo que batalhamos para chegar até aqui e conquistar o reconhecimento tão sonhado", confessa Simone à Coluna.

Simaria não esconde a felicidade pela indicação. "São muitas bênçãos acontecendo em nossas vidas. É a realização de mais um sonho em nossas vidas".

Estados Unidos

Os vencedores das 48 categorias serão anunciados ao vivo em cerimônia na Grand Arena, em Las Vegas, fora do território latino, em 16 de novembro. Nenhum sertanejo venceu as três principais categorias (Gravação, Álbum e Canção) no Grammy Latino, que acontece desde 2000.

Não há brasileiros nas categorias de destaque este ano. Anitta, que alcançou novo patamar com os últimos trabalhos, é ausência na lista. O Brasil foi vitorioso em 2005 com Ivan Lins, que conquistou o "Melhor Álbum do Ano" com "Cantando Histórias".

Residente, com nove indicações, encabeça a lista da edição de 2018, seguido pelos colombianos Maluma, com sete e Shakira com seis.

Vencedores

Categoria sertaneja

2016 - Paula Fernandes

2015 - Renato Teixeira e Sérgio Reis

2014 - Sérgio Reis

2013 - Victor e Leo

2012 - Chitãozinho & Xororó

2011 - João Bosco e Vinícius

2010 - Zezé Di Camargo e Luciano

2009 - Sérgio Reis

2003 - Zezé Di Camargo e Luciano

2002 - Bruno & Marrone

2001 - Pena Branca

2000 - Sérgio Reis

*Não houve premiação na categoria de 2004 a 2008

Eventos no mesmo dia

Image-0-Artigo-2303657-1

No dia 9 de dezembro, o cantor Wesley Safadão realiza o Garota Vip 2017 de Recife. No mesmo dia ocorre o VillaMix Fortaleza. Resta saber se ele e as cantoras Simone e Simaria, que participarão da festa em Pernambuco, estarão presentes no evento no Ceará. Os fãs do de Wesley ainda tem de se dividir em um terceiro evento no dia 10, o Carnatal.

Walkyria grava novo clipe

Image-1-Artigo-2303657-1

Com cenário de um bar e a produção de 15 pessoas, a forrozeira Walkyria Santos gravou clipe da canção "Ela não é santa", em João Pessoa. A cantora vem apostando na produção de vídeos na carreira solo. No início do ano ela produziu o clipe da canção "Teco-teco".

Aviões elétrico retorna a Sobral

No dia de outubro, Xand abre, oficialmente, o Carnabral 2017 e comanda duas voltas em um percurso de 2km. O cantor promete levar aos "aviãozeiros" repertório de sucesso consagrado ao longo dos 15 anos da banda. A festa acontece de 11 a 14 de outubro.

Gemidão ganha música de forró

A Banda Forró Sacode gravou, na última semana, a canção "Gemidão". A composição faz referência ao meme que circula nos grupos de WhatsApp. A música ainda ganhou um clipe onde o humorista Tirullipa contracena com o forrozeiro Tony Guerra e dançarinos.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.