COLUNA

Puxa o Fole: Arrocha da Bahia

00:00 · 28.10.2017
Cantor lançou três músicas inéditas
Tayrone já fez show para público de 100 mil pessoas no Reino do Arrocha

Tayrone acaba de lançar o CD "Exclusive", gravado ao vivo em Salvador. O projeto, que passeia pelos 14 anos de carreira do cantor em show de 2h30 de duração, rodou várias cidades antes de ser registrado oficialmente como CD.

Disponível no Sua Música, o trabalho conta com 28 faixas, sendo três inéditas: "Diarista", "Despertando o Amor" e "Coração Machucador".

Nascido em Cachoeira, no Recôncavo baiano, o artista de 31 anos se diz percussor do arrocha, uma variação do gênero sertanejo. Ao longo da carreira, realizou o sonho de tocar no Crato-CE e já gravou 5 DVDs, o último filmado no Parque de Exposições soteropolitano, em 2015. A produção contou com participação de Belo e Wesley Safadão.

Começo

Em entrevista ao Puxa o Fole, em meio a uma pelada com amigos, Tayrone revela como foi o início na música.

"Sempre gostei de ouvir sertanejo, tocar violão e cantar em karaokê. Meu irmão me viu cantando e me convidou para gravar um CD em família. Começamos a vender show por R$ 50 na região", relembra.

Olheiro

A carreira deu um salto depois do show no município de Baixa Grande-BA, há mais de uma década. Após a apresentação, Tayrone foi convidado por observadores de uma gravadora para fazer um CD original. "Na época era o sonho de qualquer artista", diz.

"Comecei com aniversários e casamentos, hoje toco em todo o Nordeste e sou reconhecido em todo o Brasil", completa o sertanejo.

Ouvinte assíduo de Leonardo, Trio Parada Dura e Zezé Di Camargo e Luciano, o baiano afirma preferir "letras que falam de amor, paixão, chifre, traição e 'sofrência'"

E é nesse estilo que se constrói a canção "Entrada Proibida", regravada por diversos artistas como "Alô Porteiro". A cação impulsionou a carreira de Tayrone, que passou a fechar mais contratos e a aparecer mais forte no radar comercial da música.

Hoje, faz de 20 a 25 shows mensais. Com o dinheiro que ganha nas apresentações, Tayrone afirma ter realizado muitos sonhos. "Já tive BMW, Ranger Rover, um bocado de coisas". A fórmula do sucesso, para o cantor, é "ter pés no chão, acreditar no trabalho e não desistir nunca".

Quatro vozes

De volta à Capital 

O grupo Fenômenos formado pelos cantores Batista Lima, Eliane, Kátia Cilene e Walkyria Santos foi a atração de mais uma edição do "93 Ao Vivo", realizado na última quarta-feira (25), em estúdio da FM 93. Ouvintes puderam acompanhar o show ao vivo de dentro das dependências da rádio.

Walkyria Santos e Eliane conversaram com o Puxa o Fole nos bastidores do show da FM 93

Os quatro cantores estiveram juntos no mês de junho, em Fortaleza, no evento "Arraiá 20 e Poucos Anos", que agitou o shopping Iguatemi. Daquele palco, foi consolidado o projeto Fenômenos, que deve rodar o País em turnê.

O show já desembarcou em Maceió e Natal, e, no próximo dia 14, retorna a Fortaleza, também no Iguatemi. Depois, segue para Recife.

Em bate-papo com o Puxa o Fole, Walkyria Santos revela que recebeu o convite para integrar o projeto assim que deixou a banda Solteirões, mas que preferiu estruturar o próprio grupo antes de ingressar na parceria musical.

Image-0-Artigo-2316466-1

Show na FM 93 contou com plateia de ouvintes (Foto: Thiago Gadelha)

"A gente consegue resgatar o público de ontem e incluir o de hoje Com isso damos continuidade a carreira de cada artista", comenta a loira, que acaba de lançar clipe com Dadá Boladão.

Eliane, com 33 anos de carreira, deseja levar o projeto "para o Brasil e o mundo". "Estou honrada de participar desse encontro de vozes que fizeram história", completa a artista, que diz não se preocupar com as mudanças que o gênero passa. "Não me preocupo porque tenho uma carreira com história".

Negociação

Festa no aterro 

O Réveillon 2018 se aproxima e as especulações sobre quem vai cantar no Aterro da Praia de Iracema começam a ser feitas. Em entrevista ao Puxa o Fole, durante o aniversário de quatro anos da clínica do cirurgião dentista Marco Albuquerque, na Cavalieri Confraria, o forrozeiro Felipão revelou que está negociando com a Prefeitura de Fortaleza a participação no evento. Oficialmente, o Município não divulgou nenhuma lista de apresentações.

Marco Albuquerque e Dorgival Dantas

Encontro aconteceu na Cavalieri (Foto: JL Rosa)

Outro cantor que afirmou que está negociando apresentação no Aterro é Wesley Safadão. Na edição 2017 do Garota VIP na Capital cearense, Wesleyele contou que exista a possibilidade da participação no evento da Prefeitura. "Existe sim uma possibilidade. Não está certo ainda. O réveillon que está certo é o do Marina Park". O sanfoneiro Dorgival Dantas estava presente na Cavalieri Confraria, mas não quis atender a imprensa.

Tradição familiar

Image-0-Artigo-2316416-1

João Pessoa é a terra da banda Tuareg´s, um grupo musical familiar com 47 anos de história. Foi lá que Janaina Dias, que se intitula "A Loira Pressão", começou a carreira, aos 4 anos. Hoje em carreira solo, a paraibana concentra os shows de forró estilizado no estado de origem e em Pernambuco. Para o próximo mês, tem duas agendas no Ceará: Itapajé e Itapipoca. Para as apresentações, ela vai incrementar repertório com músicas locais, como canções interpretadas por Júnior Vianna.

Mudança na grade do Austin

Image-1-Artigo-2316416-1

A dupla Humberto e Ronaldo também foi confirmada na festa de três anos do Austin Pub, que também terá show de Fernando e Sorocaba. O evento acontece 14 de novembro, no La Maison. A atração substitui Make U Sweat, que desfalcará o aniversário.

Desconfie dos números na web

É comum encontramos conteúdos musicais impulsionados no YouTube e no Spotify com publicidade. Até aí "ok", mesmo não gerando números espontâneos. Acontece que, tomados pela ganância digital, alguns artistas compram reproduções e "vagas" em playlists para gerar um falso sucesso. A fraude pode ser considerada estelionato.

Rapidinhas do sertanejo

Workshow e a dupla Kleo Dibah e Rafael oficializaram o fim da dupla. Kleo seguirá solo. Já Rafael focará na produção musical.

Bruna Viola participou da novela "O Outro Lado do Paraíso".

Coleguinhas e Luan Santana venceram duas categorias (cada) no Prêmio Multishow.

Zé Neto e Cristiano gravaram clipe de "Amigo Taxista".

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.