fortaleza

Referência em meditação ao ar livre

Ao meditar em grupo, as energias se unem e potencializam os benefícios da prática milenar para a saúde

00:00 · 06.01.2018
Meditação
Meditação ao ar livre. Mente livre. Ações em Fortaleza disseminam a prática e promovem momentos de paz e tranquilidade aos praticantes.

Segundo Lúcia Rejane Araújo, coordenadora regional da ONG Arte de Viver e organizadora da "Meditação da Lua Cheia", problemas de insônia, distúrbios alimentares, inquietude, falta de motivação para vida têm sido amenizados por meio da prática da meditação em diferentes espaços da cidade.

Ação motivacional

A experiência de Lúcia Rejane com a orientação e o ensino da meditação, segundo ela, é um momento de autorrealização pessoal e profissional. Desde 2003, enquanto docente da Universidade Federal do Ceará (UFC), introduziu o tema no currículo dos cursos de graduação na área de Educação Física.

> Meditação: acalme a mente

No início, quando pouco se falava do tema no ambiente acadêmico, Lúcia Rejane realizava vivências nas disciplinas que ministrava. "O efeito de paz surpreendeu os alunos, que passaram a aceitar esses 'estranhos' e prazerosos momentos de quietude e silêncio em um ambiente ativo como é o da universidade".

A partir daí vários projetos foram implementados. Em 2010, propôs que a meditação e o Yoga entrassem para o currículo do curso de Educação Física na condição de disciplina. A receptividade dos alunos foi imediata, além de atrair a atenção de estudantes de outros cursos.

Paz interior e bem-estar

As meditações ao ar livre abertas ao público em Fortaleza foram iniciadas pela Organização Internacional Arte de Viver. Fundada em 1981 pelo líder humanitário e espiritual Sri Sri Ravi Shankar, oferece programas de educação, autodesenvolvimento e ferramentas que facilitam a redução do estresse. A proposta é promover paz interior e bem-estar.

Esses programas, os quais incluem técnicas de respiração, meditação, Yoga, e sabedoria prática para o cotidiano, têm ajudado pessoas ao redor do mundo. Nos cursos da Arte de Viver são vistos relatos de pessoas com problemas de ansiedade, depressão, angústia e síndrome do pânico e que têm reencontrado um estado de equilíbrio e tranquilidade.

Em grupo

Em fevereiro de 2013, a Meditação da Lua Cheia, organizada pela organização não governamental, aconteceu em 10 cidades brasileiras, incluindo Fortaleza. Nessa edição, apenas 20 pessoas compareceram ao evento no Aterro da Praia de Iracema.

Hoje, a ação gratuita reúne milhares de pessoas e também acontece fora do País. Os participantes não precisam ter experiência com a prática. No Brasil, reúne adeptos em mais de 20 cidades.

"A meditação em grupo têm um efeito potencializado. Iniciativas como esta contribuem para a maior conscientização e possibilitam que os benefícios dessa prática milenar sejam descobertos por mais pessoas", partilha a professora.

Em Fortaleza, o projeto acontece todos os meses, sendo considerado o maior evento de meditação ao ar livre do Nordeste. A primeira edição de 2018 (dia 2) contou com a presença de cerca de 500 pessoas. "Um encontro de paz e harmonia para iniciarmos o ano com positividade, gratidão e fé na vida. A próxima meditação ao ar livre acontecerá no dia 1º de fevereiro", diz.

América Medita

O "América Medita" é outro evento organizado pela Arte de Viver. É realizado anualmente na América Latina (no mês de novembro), reunindo milhares de pessoas em mais de 100 cidades.

O Brasil está engajado em atividades dessa natureza desde 2010. Fortaleza teve sua primeira edição nesse mesmo ano, na Avenida Beira Mar, atraindo um público estimado em 70 pessoas.

A ação é realizada todos os anos no Parque do Cocó e, em 2017, teve a participação de 700 pessoas. Com o conceito de festival, o momento de confraternização reúne também música, dança, alimentação vegana e vegetariana, Yoga e, claro, meditação.

"Vejo a cada dia o quanto a meditação é importante para vivermos, independentemente das situações externas, sejam elas adversas ou favoráveis, com mais qualidade de vida, plenamente e em estado de felicidade", descreve Lúcia Rejane Araújo.

Princípios

Postura: Procure uma posição confortável em que o corpo possa permanecer quieto. A coluna deve ficar ereta e é bom que a postura não tenha indução ao sono

Respiração: É importante que seja consciente, ou seja, que o praticante esteja presente ao ato de respirar, prestando atenção ao movimento do ar entrando e saindo. A respiração deve ser profunda (abdominal, diafragmática). Quanto mais lenta, suave e silenciosa, melhor

Ritmo: Repita silenciosamente um mantra (palavra ou frase) como se escutasse uma voz repetindo essas palavras dentro de você, ao ritmo da respiração. Essa repetição ajuda a acalmar a mente e a trazer a atenção de volta quando o pensamento dispersar. A palavra ou frase devem ter um significado e expressar a sua espiritualidade

Distrair e voltar: . Meditar não é ficar com a mente vazia e as distrações (emoções que guardamos ou reprimimos, as preocupações) fazem parte da prática. O processo de limpeza interior é dos benefícios.

Fonte: Domingos Cunha

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.