Novos hábitos

Perder peso e iniciar 2018 mais saudável

O ano começou e, com ele, as metas para emagrecer voltam a fazer parte da rotina de muita gente

Na intenção de reduzir as gordurinhas, algumas pessoas adotam dietas alimentares que podem ser perigosas e causar sérios problemas para a saúde
00:00 · 06.01.2018
Alimentação saudável e equilibrada associada à prática de atividade física e uma boa noite de sono ainda são a melhor opção para manter o corpo em forma

Seja pelo desejo de diminuir alguns números no manequim ou de cuidar da saúde, as soluções encontradas por quem busca perder peso são as mais variáveis possíveis. Algumas, porém, escolhem as dietas "milagrosas", decisão que pode ser perigosa e trazer uma série de problemas para a saúde.

De olho neste cenário, a médica esportista e especialista em envelhecimento saudável, Julia Gouvea, lista dicas importantes para quem deseja emagrecer com segurança e começar o ano mais saudável.

A primeira recomendação da profissional está relacionada à inclusão de novos alimentos na rotina diária. Segundo a médica, é essencial ter uma alimentação balanceada, com frutas, legumes e verduras. "Dê uma chance para os alimentos que você nunca provou ou que comeu apenas uma vez e não gostou. Isso te ajuda a diversificar a alimentação e possibilita que possa conhecer novos sabores".

Ao mesmo tempo, Julia Gouvea diz ser importante não excluir do cardápio os produtos preferidos. Isso porque, ao longo do tempo, a pessoa pode se frustrar por não comer o que sente vontade e acabar descontando na alimentação. O melhor caminho, portanto, ainda é a moderação.

Assim como a alimentação é parte importante do processo de emagrecimento, a prática de exercícios físicos também é uma aliada poderosa, e nem sempre é necessário pagar caro por isso.

"Aproveite os parques e os espaços públicos do bairro onde mora para fazer caminhadas, por exemplo. Outra sugestão é fazer alongamentos em casa. Não se esqueça, claro, da orientação profissional antes de iniciar estas atividades", aconselha a médica do esporte Julia Gouvea.

Na hora certa

Com o tempo, o metabolismo desacelera e fica mais difícil queimar calorias. Por isso, alimente-se nos horários corretos, com frutas e barras de cereais entre as refeições, assim o seu organismo funcionará de forma mais equilibrada.

Manter o hábito de ingerir no mínimo 2 litros de água por dia é essencial para ter uma vida mais saudável. O consumo evita a retenção do líquido e ainda contribui para a melhor absorção dos nutrientes.

Fuja dos alimentos fritos e gordurosos. O processo de fritura causa alterações químicas no óleo e o transforma em gordura saturada, que pode ocasionar diversas doenças, como câncer e aumento da pressão arterial. "Portanto, prefira as opções cozidas ou assadas. Você não precisa excluir a batata do seu cardápio, por exemplo, mas o ideal é usar o forno para fazê-la", indica.

Boas noites de sono

Todo ser humano precisa dormir bem para ter um dia produtivo. De acordo com a médica, é importante ficar atento à qualidade do sono. Caso costume acordar diversas vezes à noite, pode ser sinal de que algo não vai bem. Uma dica fundamental é evitar o uso do celular antes de dormir, por exemplo. "Aparelhos eletrônicos podem te acelerar, em vez de trazer a tranquilidade necessária para o descanso", complementa Julia Gouvea, médica especialista em envelhecimento saudável.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.