Estética

Pele renovada e com boa funcionalidade

O cardápio variado, servido em festas e eventos fora da rotina, pode influenciar na aparência da sua pele

00:00 · 13.01.2018
Image-0-Artigo-2347112-1
Com o avanço dos procedimentos estéticos, a limpeza de pele promove aumento da permeabilidade cutânea, melhora da oxigenação, reparação tecidual, iluminação, clareamento e renovação

Encerradas as confraternizações de fim de ano, é hora de se cuidar para curtir o Carnaval com o corpo em forma e a pele do rosto renovada, iluminada desintoxicada e oxigenada.

Segundo a fisioterapeuta dermatofuncional e professora de cosmetologia, Mirtes Alves, a higienização profunda da pele é fundamental, especialmente por ela regular a temperatura e formar uma barreira de proteção do corpo e do rosto.

No entanto, se essa barreira estiver muito espessa, a pele perde o brilho e o viço. "Sendo assim, precisamos lançar mão  de alguns recursos para promover  uma pele com qualidade e boa funcionalidade", esclarece a dermatofuncional. 

O avanço tecnológico no mundo da estética possibilita que a limpeza de pele seja realizada com mais praticidade, rapidez, qualidade e menos incômodo. Dentre os benefícios obtidos por meio dos recursos e inovações estéticos estão: aumento da permeabilidade cutânea, iluminação, melhora da oxigenação, reparação tecidual e renovação da pele.

Tudo isso é possível, no entanto a especialista alerta para a necessidade de escolher com critério o profissional que executará o procedimento. Por conta do risco de contaminação, a dermato não aconselha que o processo seja realizado em casa.

"Quando manipulamos a pele,  estamos lidando com a nossa biota,  ou seja, a flora da pele.  Isso pode trazer uma "guerra" nesse ambiente  onde bactérias convivem em harmonia. A limpeza de pele é um procedimento sério, e deve ser realizado por profissionais habilitados, dentro dos padrões de higiene e biossegurança", reforça.

Indicações

Apesar das recomendações, o procedimento é tranquilo e pode ser feito a cada 30 dias, incluindo  crianças entre 7 e 9 anos, desde que haja indicação médica.

"O fato é que as crianças estão apresentando precocemente  uma evolução no processo acneico que,  o quanto antes for cuidado e tratado, melhor será na adolescência, período em que o quadro costuma se agravar devido às alterações hormonais. Por isso, é necessário que esse público consulte cada vez mais cedo o dermatologista, para uma avaliação criteriosa" complementa a dermatofuncional. 

Na pele madura os benefícios da limpeza são imensos, já que o metabolismo se torna mais lento e, com isso, a renovação da pele diminui.

A associação de recursos eletroterápicos, a exemplo da Alta Frequência e Leds que têm ação bactericida, é fundamental na aplicação da limpeza, exatamente por funcionar como fator preventivo do processo inflamatório.

Atenção

A realização da limpeza facial caseira com a argila não purificada, pode acarretar em risco de contaminação. "E o que seria um momento de beleza poderá se transformar num filme de horror", alerta.

  As propostas estéticas que promovem uma pele renovada perpassam pela limpeza de pele básica, à específica, para pacientes com rosácea. Ou seja, conforme a expert, uma pele que se apresenta com essa   alteração, não suporta substâncias vasodilatadoras.

"A diferença entre os cuidados com a pele e com os dentes é que nos dentes podemos colocar lentes, implantes, e na pele ainda não temos essa tecnologia.  Portanto, o dermatologista e um profissional da estética devem ser consultados", finaliza Mirtes Alves.

Pele renovada

Dentre as propostas de limpeza para diversos tipos de pele estão: Biofotônica: ela age no processo de renovação e estimula as células para uma melhor reparação tecidual;

Detox: os ativos estimulam a desintoxicação celular; Estimulante: para fumantes que têm uma reposta metabólica mais lenta. A 'teen' é preparada para as necessidades específicas; Gestante: com limitações de substâncias na pele. E por fim, a limpeza para pacientes com rosácea, uma alteração  que não suporta substâncias vasodilatadoras. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.