Humanizar

Trupe do Riso realiza intervenções artísticas no ICC

Instituto do Câncer recebe atores e músicos que divertem pacientes através da contação de histórias

09:00 · 03.12.2017 / atualizado às 09:44
Trupe do riso
Durante a intervenção, não somente os internos desfrutarão das ações lúdicas do grupo, mas também seus acompanhantes e toda a equipe de trabalho da instituição ( Foto: Reprodução/Facebook )

O projeto “Carrinho de Leitura com Contação de Estórias em Hospitais” da Trupe do Riso tem realizado, desde setembro, intervenções artísticas nos hospitais da rede pública municipal de Fortaleza. Após ter passado pelo Hospital César Cals (Setembro) e pelo Hospital de Messejana (Outubro), o grupo vem realizando visitas no Instituto do Câncer do Ceará (ICC) desde novembro. 

A última visita ao ICC ocorre no próximo dia 05 de dezembro, das 14h às 17h. Durante a intervenção, não somente os internos desfrutarão das ações lúdicas do grupo, mas também seus acompanhantes e toda a equipe de trabalho da instituição. As intervenções no hospital serão realizadas por atores e músicos caracterizados de personagens mágicos e de figuras da nossa cultura.

Cultura de alegria

A iniciativa, cujo lema é 'Ler é um bom remédio', tem por objetivo principal proporcionar a instauração de uma cultura de alegria, esperança e fantasia dentro dos hospitais da cidade de Fortaleza (Ceará) por meio da arte da contação de histórias utilizando o clown como personagem central da ação.

De acordo com a diretora da Trupe, Cristina Francescutti, “as pessoas hospitalizadas estão geralmente sensíveis e carentes e ações como o Carrinho de Leitura permitem que elas revejam suas vidas, seus valores e suas prioridades”. Ainda segundo a diretora, o papel do clown é fundamental neste processo, visto que “nós, palhaços profissionais competentes em quase nada, tontos, tolos e alegres somos a humanidade humanizada pela bagunça”.

A Trupe do riso tem o apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (SECULT), através do Edital de Demanda Espontânea - 2016.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.