Anabolismo

Treinar menos pode trazer mais resultados, diz educador físico

O descanso é essencial para quem deseja ganhar massa muscular, pois é quando ocorre o processo de hipertrofia

09:52 · 19.06.2018
Atividade física
O tempo de descanso para a recuperação do corpo varia de 24 a 36 horas, dependendo da intensidade do treino ( Foto: Fernanda Siebra )

Você sabia que o descanso do corpo é tão importante quanto ter periodicidade no treino? Se engana quem pensa que vai obter mais resultado ou alcançar o objetivo mais rapidamente se realizar atividade física nos 7 dias da semana e até mais de uma vez ao dia.

De acordo com o educador físico Willian Carmo, "é fundamental deixar de treinar por pelo menos uma vez na semana para que o corpo passe pelo processo fisiológico de recuperação, chamado de anabolismo, e então tenha um melhor desempenho físico nos próximos exercícios".

O profissional da Bio Ritmo explica que se exercitar por 7 dias seguidos pode desencadear o overtraining, ou seja, o estresse e fadiga muscular. "É nesse momento que o corpo entra em regressão de desempenho, quando o músculo ao invés de crescer, vai sofrer pelo excesso de treino, e o risco de lesões é muito alto", comenta. Além disso, a pessoa que não descansou o corpo, não conseguirá obter o seu desempenho máximo em todos os treinos, já que os seus músculos e articulações estarão cansados.

Estimulação do músculo 

Para quem deseja ganhar massa muscular, o descanso é essencial, pois é quando irá ocorrer o processo de hipertrofia, ou seja, quando o músculo irá aumentar. "A hipertrofia não acontece durante a musculação. Nesse momento o músculo está sendo estimulado para ser tonificado e crescer nas horas seguintes após o treino", explica o profissional.

Normalmente, o tempo de descanso para a recuperação do corpo varia de 24 a 36 horas, dependendo da intensidade do treino. Para quem busca o emagrecimento, a recuperação também é importante. "É interessante intercalar o treino cardiovascular com o de musculação, realizando um a cada dia, assim a possibilidade de melhorar o desempenho será mais progressiva e segura", explica o educador físico.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.