Gelado, quente ou doce

Sensibilidade nos dentes pode ter relação com gengivite

Pesquisa também aponta atividade física extrema como uma das causas dos dentes sensíveis

09:58 · 08.12.2017
dentes sensíveis
Pessoas com dentes sensíveis sentem dor quando comem algo muito gelado, quente ou doce ( Foto: Divulgação )

Muitas pessoas sentem dor no dente ao comerem algo muito gelado, quente ou doce, mas nem sempre conseguem entender de onde ela vem e por que ela acontece. A sensibilidade nos dentes, como é conhecida, tem diversas causas, como fazer atividades físicas que exigem esforço e/ou pressão nos dentes e a gengivite. Uma pesquisa sobre saúde oral realizada pelo Kantar em parceira com a Sensodyne, aponta que 14% dos pacientes brasileiros que sofrem com sensibilidade nos dentes também sofrem de gengivite.

De acordo com a dentista especialista em dentes sensíveis, Dra. Thais Azevedo, existem várias razões geradoras e de agravamento da sensibilidade nos dentes, como o bruxismo, que é um rangido ou cerramento involuntário dos dentes. outros fatores podem estar relacionados com o apertamento, ou seja, pressão muitas vezes inconsciente gerada por estresse ou esforço físico, escovação com pressão demasiada, extração de um ou mais dentes, uso de escova de dentes dura, uso de cremes dentais abrasivos, problemas do estômago como refluxo e acidez, distúrbios alimentares como bulimia, mastigação de um lado só e também gengivite.

"A gengivite, por exemplo, é um problema de saúde oral muito correlacionado à sensibilidade nos dentes. Com o avanço da idade e o aumento das recessões gengivais a dentina fica mais exposta. Isso ocorre por causa de alguns eventos biológicos naturais do corpo humano e inerentes ao envelhecimento como esclerose tubular ou fibrose pulpar", explica a doutora.

A especialista esclarece que a escovação errada e a escolha equivocada do creme dental podem ocasionar e aumentar o problema. Segundo ela, a utilização de escovas de cerdas duras, a escovação empregando muita força e o uso de cremes dentais abrasivos estão entre os principais erros.

"A gengiva obedece às pressões que incidem sobre ela, por isso quem escova os dentes com força ou com cerdas muito firmes, fatalmente em algum momento terá sua gengiva retraída, correndo o risco de desgaste do esmalte dos dentes também, gerando assim sensibilidade. A pressão adequada sobre os dentes na hora da escovação deve ser a mesma quando higienizamos a boca segurando a escova com apenas 3 dedos", ressalta.

Ainda de acordo com ela, a escovação precisa ser suave não apenas por conta da gengiva, mas também porque as cerdas limpam de forma eficaz quando vão de encontro ao dente na posição reta. A escolha correta da escova e do creme dental é outra recomendação importante. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.