Estética

Prática esportiva após cirurgia plástica deve ser planejada

Especialista esclarece dúvidas sobre os cuidados necessários antes e depois do procedimento cirúrgico

11:30 · 18.12.2017
cirurgia plástica
A atividade física é fundamental, principalmente em cirurgias ligadas ao contorno corporal, como a lipoescultura ou lipoaspiração ( Foto: Divulgação )

A prática de exercícios físicos após uma cirurgia plástica ainda gera dúvidas, como o período adequado de espera. Tanto para quem já está acostumado a frequentar academia ou aqueles que sabem a necessidade da atividade, para manter os resultados da plástica. 

Como cada procedimento exige cuidados diferenciados, o retorno às práticas esportivas também requer planejamento. “Existe um período de pós-operatório, no qual o corpo está se adaptando às novas condições e se recuperando da cirurgia. O prazo de recuperação e de maior controle na realização de vários movimentos e atividades varia de acordo com o procedimento realizado. O paciente deve seguir as recomendações médicas, para que a fase seja confortável e rápida”, avalia Dr. Alan Landecker, Membro Titular e Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

“A prática de atividade física é essencial na vida das pessoas saudáveis. Mas, para que os esportes ou o fitness não interfiram nos resultados da cirurgia, é preciso avaliar caso a caso, dependendo do tipo da cirurgia, para orientar o paciente, liberando-o para os exercícios e atividades gradativamente”, argumenta o especialista.

Benefícios

A atividade física é fundamental, principalmente em cirurgias ligadas ao contorno corporal, como a lipoescultura ou lipoaspiração. Como os músculos estão abaixo da gordura e da pele, se eles estiverem tonificados, o resultado será melhor. 

Quando os músculos estão flácidos, a tendência é das vísceras irem para frente e isso deixa a pessoa com barriga. Estar em boa forma física antes da cirurgia ajuda nos resultados e os exercícios, depois, ajudam a tonificar a musculatura, o que otimiza os efeitos sobre a região submetida à cirurgia plástica. Músculos tonificados por meio de exercícios físicos melhoram o contorno corporal e a barriga fica mais reta. 

Tempo de espera

Enquanto tem pontos na região operada, o paciente não pode fazer exercícios físicos. Os pontos são retirados de 7 a 14 dias após a cirurgia plástica. Dessa forma, em média, a volta às atividades físicas pode acontecer depois de duas semanas.

A pessoa já pode começar com atividades leves, andar de bicicleta sem peso, caminhadas – nada de atividade de alto impacto. É importante que ela começe a exercitar o corpo. No ritmo adequado, a atividade física ajuda até a diminuir o inchaço mais rapidamente. 

Após um mês da cirurgia, a pessoa já pode se exercitar normalmente, com o mesmo ritmo de antes. Vale destacar que o aumento da intensidade da atividade física deve ser gradual e sempre com o acompanhamento de um profissional. Existem, entretanto, algumas situações específicas que devem ser consideradas.

Quem passou por uma cirurgia para implante de prótese de mama, tem que aguardar pelo menos dois meses para realizar exercícios de braço, como aqueles realizados nos aparelhos de musculação. A mulher também deverá utilizar, desde o início, tops que ofereçam melhor suporte, para evitar que os seios balancem. Já quem fez rinoplastia deve evitar exercícios físicos que podem causar traumas durante os dois primeiros meses após a operação.

Se a pessoa não respeitar o tempo de retorno às atividades físicas, pode ocorrer sangramento, dor e inchaço, comprometendo o resultado da operação.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.