Conteúdo original

Plataforma online auxilia pais na volta às aulas

Sociedade Brasileira de Pediatria disponibiliza textos que abordam dermatologia, infectologia e nutrologia

09:31 · 19.02.2018
volta às aulas
A plataforma aborda prevenção e cuidados, desenvolvidos com linguagem especialmente adaptada para facilitar a compreensão do público ( Foto: Divulgação )

Qual pai ou mãe que nunca pediu conselhos para um amigo ou se aventurou pela internet na tentativa de investigar o que se passava com seu filho? Quem cuida, conhece os desafios para oferecer o melhor para as novas gerações. O período de volta às aulas, por exemplo, pode gerar muitas dúvidas aos responsáveis. Em vista disso, uma plataforma online lançada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) deve ajudar os pais nas tarefas diárias. 

O conteúdo original e textos atualizados abordam prevenção e cuidados, desenvolvidos com linguagem especialmente adaptada para facilitar a compreensão do público em geral. Entre os responsáveis pelas informações estão alguns especialistas de diferentes áreas, como dermatologia, infectologia, imunizações, medicina do esporte, nutrologia, entre outras.

"Atualmente, nunca foi tão fácil ter acesso a dados e conteúdos antes restritos a poucos profissionais. No entanto, infelizmente, nem todas as informações são verídicas, procedentes e devem ser seguidas. No campo da saúde, esse é um problema sério, pois pode induzir pacientes e familiares ao erro, comprometendo seu bem-estar e sua vida”, ressalta Luciana Rodrigues,presidente da SBP.

Áreas de interesse

Organizado por áreas de interesse, a plataforma se divide em editorias que tratam sobre questões específicas, como doenças, nutrição, vacinas, comportamento e desenvolvimento e cuidados com a saúde. Outros assuntos, como cuidados com o bebê, adolescência, medicina do esporte para crianças e adolescentes e prevenção de acidentes também podem ser encontrados na seção de variados. Ainda há seções voltadas para gestação, parto e aleitamento materno.

Temas emergentes 

o site também abordará informações sobre temas emergentes como riscos na internet, autoagressão, vacina contra o HPV, constipação intestinal e vacinação do prematuro.

No entanto, apesar do êxito da iniciativa, a presidente da SBP afirma que essa ferramenta não anula a necessidade de visitar, periodicamente, o pediatra.

“Mesmo que tenha encontrado, esclarecimento para o que o incomoda, converse com seu pediatra, que integra o rol dos únicos profissionais capacitados para atender e orientar as crianças e adolescentes e suas famílias. Nessa relação estabelecida com base na confiança, se encontra um elemento fundamental para acompanhar o desenvolvimento saudável das futuras gerações”, conclui.

Clique aqui para acessar a plataforma na íntegra 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.