Irritabilidade

Mulheres que bebem álcool sofrem mais com TPM, diz estudo

O consumo moderado de álcool está associado a um risco maior de agravamento dos sintomas da Tensão Pré Menstrual

09:35 · 24.04.2018 / atualizado às 09:37
mulher e bebida
Os pesquisadores acreditam que o consumo de bebida alcoólica pode alterar os hormônios sexuais durante o ciclo menstrual ( Foto: Divulgação )

Beber álcool pode estar relacionado com a Tensão Pré Menstrual (TPM), de acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Santiago de Compostela, em Espanha.

Os sintomas associados à TPM incluem alterações súbitas de humor, sensibilidade nos seios, aumento de apetite, da fatiga e da irritabilidade.

Apesar de pesquisas científicas anteriores terem demonstrado que a TPM tende a ser mais severa entre as mulheres que ingerem bebidas alcoólicas, até ao momento não estava comprovado se a alteração acontecia devido ao álcool em si, ou porque essas mulheres recorriam à bebida para melhor lidarem com os sintomas.

Para averiguar a situação os investigadores analisaram 19 estudos, efetuados em oito países diferentes, envolvendo mais de 47 mil mulheres.

A análise revelou que o consumo moderado de álcool está associado com um risco maior de agravamento dos sintomas da Tensão Pré Menstrual, em cerca de 45%, subindo para os 79% entre as mulheres que o ingerem em excesso.

No estudo, que foi publicado no periódico British Medical, os investigadores escreveram: “Estes dados são importantes devido ao elevado consumo de álcool tanto das mulheres como dos homens no mundo inteiro – mas neste caso as mulheres é que são mais afetadas”.

Estima-se que cerca de 30% da população feminina do planeta beba álcool, e que cerca de 20% o consuma em excesso. Os investigadores acrescentaram: “Olhando para os números e para os resultados que obtemos, estimamos que 11% dos casos de TPM em todo o mundo estejam associados ao consumo de álcool, e destes 21% na Europa."

Os pesquisadores afirmam que existe a necessidade de novos estudos, mas acreditam que a bebida alcoólica pode alterar os hormônios sexuais durante o ciclo menstrual, ou que pode interferir na produção de químicos chave no cérebro responsáveis por regularem o humor, tais como a serotonina.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.