Especial Publicitário

Estresse no ambiente de trabalho e os danos à saúde dos profissionais

Conheça os sintomas de estresse no trabalho e saiba como prevenir.

04:54 · 24.03.2018 por Unimed Fortaleza

Desânimo, baixa concentração, procrastinação de tarefas, cansaço sem motivo e dores de cabeça. Esses são alguns dos sinais que podem indicar estresse no ambiente de trabalho. E o brasileiro sabe bem o que é isso. De acordo com pesquisa da International Stress Management Association (Isma – Brasil), organização voltada à pesquisa e ao tratamento do estresse no mundo, o País é o segundo mais estressado, ficando atrás apenas do Japão. Segundo o estudo, o que mais estressa o brasileiro é o trabalho, apontado por 70% dos entrevistados como a principal causa.

Como explica Bruna Lemos, psicóloga da Unimed Fortaleza e Mestre em Saúde Pública, o estresse no ambiente de trabalho pode ser causado por questões relacionadas ao salário, ambiente desagradável, longas jornadas, falta de autonomia, conflitos com colegas e superiores, má atribuição de responsabilidades e falta de prospecção de carreira. “É fundamental se atentar para os sinais de estresse, porque, além de afetar diretamente a produtividade no trabalho, pode levar ao desenvolvimento de problemas crônicos de saúde”, afirma a psicóloga, que salienta ainda a importância de se buscar diagnóstico com psiquiatra para tratar os sintomas emocionais, e a psicoterapia com psicólogo.

Adotar estratégias para aliviar os efeitos do estresse é imprescindível para garantir o bem-estar do profissional e prevenir doenças. De acordo com a psicóloga, fazer pausas durante o expediente, planejar o dia de trabalho e administrar o tempo são ações recomendáveis para tornar o dia a dia menos estressante. Além disso, cuidar da saúde e do bem-estar fora do ambiente de trabalho é salutar para o trabalhador. “Profissionais que adotam um estilo de vida saudável se recompõem de situações estressantes mais rapidamente. A recomendação é dormir bem, alimentar-se adequadamente e praticar atividade física. Outra dica é fazer exercício de relaxamento e respiração abdominal profunda, por exemplo, que trazem conforto físico e tranquilidade emocional”, recomenda Bruna Lemos.

O desafio de diminuir o estresse não é apenas para o profissional, mas também para as empresas. Melhores condições no ambiente de trabalho, responsabilidades mais adequadas e reconhecimento por meio de elogios pelo trabalho bem feito ajudam a reduzir o estresse. “Para o funcionário, saber se ele está fazendo alguma diferença ajuda a aumentar a autoestima e a reduzir o estresse”, aponta Bruna Lemos.

Prevenção

A Unimed Fortaleza conta com um serviço gratuito de prevenção do estresse, conduzido por psicólogos. Na unidade Medicina Preventiva, é possível participar de oficinas de gerenciamento do estresse e ansiedade, grupos voltados para pessoas com depressão, além de grupos que orientam sobre alimentação saudável.

E para quem quiser sair do sedentarismo e fazer atividades ao ar livre, a dica é aproveitar os dias de folga para pedalar. As bicicletas compartilhadas do Bicicletar estão disponíveis em pontos estratégicos da cidade, todos os dias da semana.

Correr e caminhar também são ótimos exercícios de combate ao estresse. Com o Unimed Ativa, a cooperativa disponibiliza uma assessoria especializada na prática de corridas e caminhadas. Mais informações no site da Unimed Fortaleza: www.unimedfortaleza.com.br.

Serviço:
Unidade Medicina Preventiva
Avenida Santos Dumont, 1463, Aldeota
(85) 3208-2900

Veja mais:

CONTEÚDO DE RESPONSABILIDADE DO ANUNCIANTE
logo unimed

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.