Pós-operatório

Especialista tira dúvidas sobre extração dentária

Compressa com gelo nas primeiras 24 horas após o procedimento pode evitar ou diminuir o inchaço proveniente da extração

12:00 · 12.07.2018
Dentista
Após a extração de um dente, indica-se repousar e evitar calor do sol e forno/fogão por alguns dias para não estimular a circulação sanguínea no local operado ( Foto: Ellen Freitas )

As razões que motivam a extração dentária normalmente estão relacionadas à cárie, traumas ou posicionamento incorreto dos dentes. Embora algumas pessoas tenham receios de passar por esse tipo de cirurgia, o desconforto gerado pelo procedimento é minimizado por meio da utilização de anestesias e técnicas avançadas de odontologia. No entanto, existem certas dúvidas sobre os cuidados que devem ser tomados durante o pós-operatório. Pensando no tema, a dentista Rosane Menezes Faria listou algumas recomendações. 

Tabaco e bebidas alcoólicas

A profissional da Odonto Empresas explica que tão importante como o transcorrer da cirurgia, o pós-cirúrgico deve ser seguido à risca para não haver complicações. “Para os fumantes, por exemplo, deve-se evitar, a qualquer custo, o uso de tabaco antes e após o procedimento, para se obter uma cicatrização favorável, uma vez que o cigarro dificulta e tarda a recuperação da região”, indica. A mesma proibição vale para bebidas alcóolicas.

Repouso

Segundo Rosane, após a extração de um dente, é importante repousar e evitar calor do sol e forno/fogão por alguns dias para não estimular a circulação sanguínea no local operado e, consequentemente, acarretar problemas como sangramento e infecções.

Compressa com gelo

A compressa com gelo ou bolsa térmica gelada nas primeiras 24 horas também é muito importante para evitar ou diminuir o inchaço e hematomas provenientes da extração. “A baixa temperatura, provocada pela aplicação do gelo, auxilia na contração dos vasos sanguíneos, que estão dilatados devido ao processo inflamatório causado pela cirurgia”, explica.

Alimentação

Sobre a alimentação, a dentista destaca que é preciso evitar opções quentes por, pelo menos, 24 horas, pois a região estará sensível e pode voltar a sangrar. Também deve-se consumir alimentos mais líquidos e pastosos. “Portanto, dê preferência para alimentos frios como sorvetes de massa, picolé, sucos, açaí e leite. No dia seguinte, já é permitido o consumo alimentos mornos e macios, como purês, ovo cozido e macarrão, por exemplo. O paciente deve tomar água à vontade e deve evitar fazer movimentos de sucção. A saída é sempre utilizar um copo”, orienta.

Higienização e cuidados gerais

A higienização da área operada tem que ser feita na frente do espelho, utilizando uma escova de dente com cerdas macias e com quantidade reduzida de creme dental, para que se forme pouca espuma. “Minha orientação é utilizar um cotonete embebido de água filtrada ou enxaguante bucal sem álcool para auxiliar na remoção dos restos de alimentos que ficam retidos nos pontos. Além disso, o indivíduo não pode bochechar vigorosamente nos quatro primeiros dias”, afirma Rosane.

Por fim, ela pontua que a prescrição medicamentosa e os horários das medicações devem ser rigorosamente respeitados. Em caso de dor forte ou febre, é necessário entrar em contato com o cirurgião-dentista o mais rápido possível.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.