Tira-dúvidas

Conheça os cuidados pós-operatórios da blefaroplastia

Cirurgia que corrige as palpébras, pode ser feita para melhorar a estética ou corrigir problemas funcionais

09:58 · 06.12.2017
cirurgia na pálpebra
É preciso ficar de repouso por cerca de dois dias após a cirurgia. Na primeira semana, ainda é recomendado que o paciente “desacelere” um pouco, fazendo repouso relativo ( Foto: Divulgação )

Quando se fala em cirurgia, um dos principais medos é o pós-operatório, já que com ele podem vir dores, incômodos e outros desconfortos. Entretanto, os sintomas após procedimentos cirúrgicos dependem de uma série de fatores, incluindo sua complexidade. A exemplo disso, a blefaroplastia é um procedimento feito para corrigir as pálpebras, tanto para melhorar a estética facial, como para corrigir problemas funcionais decorrentes do excesso de pele.

Com a ajuda da oftalmologista, Dra. Tatiana Nahas, especialista em cirurgia de pálpebras, elencou-se as principais dúvidas sobre o pós-operatório da blefaroplastia. 

Dor

O limiar da dor é individual, ou seja, cada pessoa sente de uma maneira. Entretanto, é muito raro o paciente se queixar dela. O mais comum é sentir um leve desconforto, facilmente gerenciável com o uso de analgésicos que serão prescritos pelo médico. Nos primeiros dias, devido ao inchaço, uso de colírios e pomadas pós-operatórios, a visão pode ficar embaçada.

Repouso

É preciso ficar de repouso por cerca de dois dias após a cirurgia. Na primeira semana, é recomendado que o paciente “desacelere” um pouco, fazendo repouso relativo. É de suma importância que mesmo que o paciente retorne a algumas atividades rotineiras, faça compressas geladas. Já na primeira semana é possível retomar as atividades diárias, como trabalhar, estudar, porém com recomendações importantes. Uma delas é evitar atividades físicas muito intensas, como correr, praticar boxe e lutas em geral. Esportes aquáticos também devem ser evitados para prevenir infecções. Nestes casos, o ideal é aguardar 30 dias ou a alta médica.

Dirigir

Em geral, assim que o paciente se sentir disposto pode voltar a guiar. Entretanto, como a visão fica embaçada nos primeiros dias, o ideal é esperar os três primeiros dias após a cirurgia e seguir a recomendação do médico.

Maquiagem 

O ideal é esperar pelo menos 15 dias para usar maquiagem na região dos olhos. Os produtos podem irritar a área e aumentar o risco de infecção. Mas, os corretivos são bem-vindos a partir do primeiro dia da recuperação para disfarçar os hematomas.

Uso lentes de contato. O que devo fazer? O ideal é ter um óculos para substituir as lentes de contato durante, pelo menos, 15 dias após a cirurgia. Isso porque o uso das lentes pode interferir no processo de recuperação, retardando o desaparecimento do inchaço, assim como é um fator de risco para infecções.

Exposição ao sol

Enquanto houver hematoma aparente não pode tomar sol. Muitas pessoas usam as férias para fazer a blefaroplastia. Porém, o ônus é ficar longe do sol. Além de evitar o banho de sol, é preciso usar protetor solar na região dos olhos por 90 dias após a cirurgia. Portanto, o ideal é aproveitar o verão para viajar e operar depois. Lembrando que o calor atrasa a melhora do inchaço.

Inchaço

O edema (inchaço) é a resposta natural do corpo a agressões. Porém, existem algumas recomendações que irão ajudar a diminuir o inchaço. Uma delas é dormir nos dois primeiros dias com um travesseiro mais alto, mantendo a cabeça elevada. Compressas de água gelada contribuem muito para reduzir o inchaço e a chance de sangramento. A boa notícia é que entre o quarto e quinto dia após a cirurgia o inchaço diminui.

Cigarro

Os fumantes terão um processo de cicatrização mais lento. Isso porque o cigarro é um vasoconstritor, interfere na boa circulação do sangue e ainda aumenta a chance de hemorragia. O ideal é parar de fumar para sempre! Se isso não for possível, recomenda-se a cessação antes e após a cirurgia, por pelo menos duas semanas.

Cozinhar

Nos primeiros dias é melhor evitar atividades na cozinha. Como a visão pode ficar embaçada nos dois ou três dias após a cirurgia, pode ser arriscado cozinhar, mexer com facas e fogo. O ideal é ter suporte de outra pessoa para se alimentar ou já deixar tudo organizado. Além disso, os vapores e a quentura prejudicam a recuperação.

Lavar os cabelos

O ideal é esperar pelo menos dois dias depois da cirurgia para lavar os cabelos. Como o inchaço pode dificultar o fechamento completo das pálpebras, o shampoo pode cair nos olhos e causar irritação. Outro cuidado é deixar a água em temperatura ambiente, pois o calor excessivo aumenta o risco de sangramento nas primeiras 48 horas após a cirurgia.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.