Equilíbrio

Chocolate em excesso pode aumentar nível de colesterol

Nutricionista orienta dicas para aproveitar a iguaria típica da Páscoa

13:00 · 14.03.2018
ovos de páscoa
Segundo nutricionista, é possível apreciar o chocolate de forma saudável ( Foto: Divulgação )

Para muita gente, Páscoa é pretexto para “enfiar o pé na jaca”. Quer dizer, no chocolate! A maioria dos chocolates comercializados são ao leite e, se consumidos em excesso, aumenta o nível de colesterol no sangue, podendo causa gordura no sangue e doenças cardiovasculares. Até os chocolates “do bem”, os que possuem uma maior porcentagem de cacau, podem fazer mal quando comemos de forma exagerada, trazendo gastrite, enxaqueca, insônia, além de irritabilidade e hiperatividade em crianças.

Isso não quer dizer que é preciso abrir mão do doce. Segundo a coordenadora e professora do núcleo de pós-graduação em nutrição do Instituto de Desenvolvimento Educacional (IDE), Joyce Moraes, é possível apreciar a iguaria de forma saudável. A primeira dica seria escolher um bom chocolate. “Quem é realmente ‘chocólatra’ gosta de chocolate e não de açúcar e do leite que vem nele. Assim, escolha produtos de chocolate a 70% ou mais e com uma lista pequena de ingredientes. Quanto menos ingredientes, mais chocolate e melhor é o produto”.

Ela também alerta para a quantidade consumida em pouco tempo. “A Páscoa é no domingo, mas você não precisa comer todos os seus ovos e chocolates em 24h! Guarde na geladeira e vai comendo aos poucos. Ganhou muito chocolate? Que tal fazer um almoço e jantar mais leve para compensar? Nutrição é equilíbrio”, sugere. Segundo a professora de nutrição, já há várias opções de Ovos de Páscoa no mercado feitos com ingredientes funcionais, como sem leite e com açúcar de coco. “São deliciosos e você ainda come ‘sem culpa’”.

Se houve exagero, a recomendação é compensar no dia seguinte com o aumento da ingestão de água, consumindo três litros ou mais. “O desjejum deve ser leve com frutas, preferencialmente, e chás digestivos, como boldo, carqueja ou hortelã. Deve-se ainda fazer um almoço e um jantar mais leve com uma proteína magra, como frango, por exemplo. E não exagerar mais durante a semana”, explica a nutricionista, reforçando que é mais saudável comer um pouquinho de chocolate por vez.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.