Conscientização

Campanha "Não Dê Carona ao Sono" chega a Fortaleza

Ação da Academia Brasileira de Neurologia visa conscientizar a população sobre o impacto do sono em acidentes de trânsito

14:00 · 20.03.2017
sono
Cerca de 20% dos acidentes de trânsito estão associados a distúrbios do sono ( Foto: Divulgação )

Nesta terça, 21 de março, das 7h30 às 11h30, a Praça Ferreira, no centro de Fortaleza (CE) será palco de ação educativa que integra a campanha “Não Dê Carona ao Sono”, da Academia Brasileira de Neurologia (ABN). A iniciativa busca a conscientização de todos os médicos brasileiros sobre os distúrbios de sono e sua repercussão em acidentes de trânsito, assim como esclarecer o público leigo e a mídia sobre esse grave problema de saúde pública, já que cerca de 20% dos acidentes de trânsito estão associados a distúrbios do sono

Sono e cansaço podem ser fatais no trânsito

“Haverá uma tenda de atendimento e contaremos com a participação de cerca de 20 voluntários, entre estudantes e profissionais de saúde, na realização de pesquisas com os pedestres e motoristas que estiverem pelo local, além da distribuição de folhetos informativos”, adianta o professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e coordenador da ação, Dr. Manoel Alves Sobreira Neto, neurologista com atuação em sono.

A atividade será realizada em conjunto com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), que cederá um caminhão que se converte em uma espécie de mini auditório. Nesse espaço, será exibido o vídeo institucional da campanha, seguido de palestras rápidas, repetidas em intervalos regulares.

Campanha

Com o apoio da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a campanha “Não Dê Carona ao Sono” passará também por cidades como Recife, São Paulo, Campo Grande, Goiânia, Dourados, São Luiz, Maceió e Porto Alegre, entre outras. As ações contarão com palestras, panfletagem, atendimento ao público leigo e esclarecimento de dúvidas com especialistas, entre outras atividades, com a presença de médicos e residentes indica

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.