Relaxa os músculos

Beber leite antes de dormir pode melhorar o sono

Especialista afirma que nutrição auxilia efetivamente um noite tranquila

09:00 · 28.01.2018
copo de leite
Um copo de leite, quente ou frio, momentos antes de dormir pode relaxar os músculos ( Foto: Divulgação )

A privação do sono pode gerar impactos negativos à saúde do ser humano. As alterações, em decorrência da insônia, variam de comportamentais, como mudanças de humor, à fisiológicas, como o risco de hipertensão, doenças degenerativas, ansiedade e depressão. Porém, alguns alimentos podem auxiliar a melhora do sono. Lucila Bizari, médica do setor de Neuro-Sono da Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp), orientou o que consumir antes de dormir para evitar complicações durante a noite. 

Um copo de leite, quente ou frio, momentos antes de dormir pode relaxar os músculos, por exemplo. Ele contém um aminoácido chamado triptofano, que se converte em serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar. Adoçado com uma colher de mel, a bebida também aumenta a produção de insulina e, consequentemente, diminui a quantidade de outros aminoácidos que competem com o triptofano. 

Chá de camomila

A bebida aumenta os níveis de glicina presentes na urina, que pode reduzir espasmos musculares e combater inflamações, dando um efeito levemente sedativo que relaxa o cérebro e os músculos. A dica é tomar o chá sem nenhum tipo de açúcar ou adoçante, que reduzem a ação dos fitoquímicos, cuja função é proteger e otimizar o funcionamento celular do organimo.

Maracujá 

O efeito calmante da fruta já é conhecido da indústria farmacêutica. Devido às frações alcaloídicas e flavonoídicas, o maracujá agiria como depressor inespecífico do sistema nervoso central, trazendo uma ação sedativa, tranquilizante e antiespasmódica da musculatura lisa. Porém, o efeito muito da sensibilidade de cada pessoa. 

Kiwi

Estudos apontam que o kiwi possui antioxidantes benéficos no tratamento dos distúrbios do sono. Um desses trabalhos, de 2011, foi publicado na National Library of Medicine, e avaliou os efeitos da fruta nos padrões de sono dos voluntários, incluindo início, duração e qualidade. Os 24 participantes que consumiram dois kiwis uma hora antes de deitar, durante quatro semanas, tiveram o tempo e a eficiência do sono aumentados significativamente.

Banana

A fruta é contém potássio e magnésio, que são relaxantes musculares naturais. Além disso, possui o aminoácido triptofano (o mesmo do leite), que se converte em 5-HTP no cérebro. Por sua vez, o 5-HTP é convertido em serotonina e melatonina, hormônio produzido pela glândula pineal que age no controle dos ciclos de sono e vigília.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.