Gratuito

Bate papo interativo aborda mitos e verdades sobre o câncer

De acordo com o INCA a estimativa é de 165.580 novos casos de câncer, sendo 85.170 homens e 80.410 mulheres

23:00 · 11.04.2018 / atualizado às 15:22 · 13.04.2018
bate-papo câncer
( Foto: Divulgação )

Os casos de câncer têm sido cada vez mais frequentes no Brasil, e mesmo com acesso a informação a população ainda permanece com dúvidas sobre o assunto. Em vista disto, o Centro Regional Integrado de Oncologia (Crio), promoverá na próxima quarta-feira (17), às 09h, um bate papo sobre mitos e verdades do câncer, aberto a comunidade, pacientes, acompanhantes e demais interessados. O intuito do evento é alertar os participantes sobre os cuidados que cada pessoa deve ter com a saúde e a busca de um especialista regularmente. 

A conversa abordará questionamentos relacionados ao contágio, autoexame, alimentação, além de outras dúvidas sobre diferentes tipos de câncer. A iniciativa é uma maneira de alertar a população que mudanças simples no dia a dia podem prevenir a doença e levar a pessoa a uma maior qualidade de vida.

Dados 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a estimativa para este ano é de 165.580 novos casos de câncer, sendo 85.170 homens e 80.410 mulheres. Para o biênio 2018/2019 em números de casos novos de câncer por sexo masculino são: próstata 68.220, traqueia, brônquios e pulmão 18.740, intestino 17.380 e nas mulheres: mama: 59.700, intestino 18.980, colo do útero: 16.370. 

Já o câncer de pele, mais frequente no Brasil corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país e apresenta altos percentuais de cura, se for detectado precocemente. Entre os tumores de pele, o tipo não-melanoma é o de maior incidência e mais baixa mortalidade.

A saúde começa na mesa

De acordo com a Dra. Carone Alves, especialista em nutrição oncológica, ao modificar a alimentação, consumindo opções mais saudáveis, se promove saúde e consequentemente previne-se o aparecimento de algumas doenças crônicas não transmissíveis, como o câncer.  Deve-se, portanto, incluir na dieta alimentos como peixes, frango, ovos, frutas e verduras.

Em relação ao consumo de carnes, é preciso ter uma atenção, principalmente, as carnes ultra processadas, a exemplo das carnes de hambúrgueres e embutidos (salsichas, mortadelas, linguiças), pois possuem aditivos e substâncias prejudiciais que contribuem para o aparecimento de câncer, segundo a equipe de nutrição do Crio.

A carne vermelha é rica em gorduras e demora mais tempo para ser digerida no organismo, portanto, recomenda-se comer até 2x por semana. A carne do sol está relacionada com o câncer de estômago devido ao seu método de conservação. Dessa forma, sua ingestão deve ser moderada. Além disso, o consumo deve estar associada a uma maior ingestão de fibras como salada preferencialmente crua e frutas com casca.

Serviço 

Bate Papo Interativo sobre câncer

Dia: 17/04 (terça-feira)

Horário: 09h 

Local: Auditório do Crio - Rua Francisco Calaça, 1300 – Álvaro Weyne

Contato: (85) 3521-1537 / 9.9690-0550

Aberto ao público 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.