Prevenção

Atletas são mais suscetíveis a infecções de pele

Dermatologista orienta como evitar o surgimento de problemas causados por vírus, bactérias e fungos

08:00 · 11.06.2018
Tênis
Checar a pele diariamente à procura de cortes, feridas, vermelhidão, inchaço ou infecções é importante para os atletas ( Foto: Divulgação )

Que atletas devem manter os músculos e os ossos saudáveis e bem cuidados não é segredo para ninguém. Mas, o que poucos sabem, é que, assim como o corpo, a pele dos atletas também precisa de cuidados. Isso por que, sem eles, o tecido pode ficar vulnerável a infecções cutâneas tão prejudiciais quanto fraturas e distensões.

“Atletas correm um risco maior de sofrer com infecções e outras condições de pele, pois eles podem facilmente transmitir bactérias, fungos e vírus através do contato comum em treinos e competições. Além disso, equipamentos esportivos, principalmente capacetes e almofadas de proteção, criam um ambiente escuro, úmido e quente ideal para o desenvolvimento de germes causadores de infecções”, explica a dermatologista Dra. Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology (AAD).

Dicas

Para evitar problemas, é importante manter cortes limpos e cobertos com curativos, pois uma pele machucada enfraquece o sistema de defesa do tecido, permitindo que germes e bactérias penetrem mais facilmente. “É importante também que você previna bolhas para reduzir as chances de infecções. Para isso, aplique esparadrapos, pomadas e géis nos locais de maior atrito. Além disso, invista em um bom calçado, que permita seus pés respirarem e não sejam apertados demais”, completa a especialista.

Segundo a médica, é interessante também o invistimento em roupas que absorvam o suor, mantendo a pele seca e prevenindo que germes cresçam, e a  troca de roupas suadas ao término da atividade física, pois utilizá-las por muito tempo impede que a pele respire, entupindo os poros e promovendo a formação de foliculite.

“É essencial que você tome banho após toda a prática de atividade física, de preferência com água morna, para evitar a remoção da camada de proteção da pele. Se você for utilizar o banheiro do vestiário, é recomendado que você utilize chinelos para proteger os pés”, destaca.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.