Comunidade, alunos e educadores

Ação disponibiliza mais de 200 atendimentos médicos gratuitos em Tianguá

A iniciativa do 'Projeto Ventos que Transformam' já realizou duas etapas de oficinas práticas de educação ambiental e incentivo à leitura na região

14:00 · 01.06.2018 / atualizado às 15:00
odontologia
A equipe médica que está participando do projeto já acompanha ações há mais de 10 anos, realizando atendimento principalmente dentro de escolas da rede pública ( Foto: Divulgação )

Palestras de saúde, atendimentos médicos em especializações e procedimentos odontológicos. O Projeto Ventos que Transformam promove, entre os dias 13 e 15 de junho, uma semana que une educação, sustentabilidade e saúde. As atividades gratuitas serão realizadas na Escola Família Agrícola Antônia Suzete de Olivindo da Silva, em Valparaíso, no Município de Tianguá. O evento será aberto para alunos, educadores e comunidade. 

A ação da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário também promoverá a construção de um espaço para um Escovódromo Sustentável, feito pelas mãos dos próprios alunos e educadores, utilizando materiais reaproveitados dentro da escola e comunidade.

Reunindo uma equipe médica e odontológica, com cerca de 10 profissionais de várias regiões do Brasil, a ação, pretende alcançar mais de 200 atendimentos gratuitos de saúde para a população. A equipe contará com especialistas de diferentes áreas, envolvendo desde clínicos gerais, dermatologistas, dentistas, protéticos, enfermeiros, até cirurgiões vasculares e cardiologistas.

Rodas de conversa

Além da assistência médica direta, a programação inclui também 12 horas de palestras educativas, abordando temas como a Saúde da Mulher, Higiene e Cuidados com a saúde bucal e orientações para a escovação correta.  Assuntos voltados para os eixos de cidadania e prevenção também serão discutidos, tratando sobre sexualidade, orientações sobre os métodos contraceptivos e as doenças sexualmente transmissíveis.

Para os educadores, o projeto reserva ainda uma atividade direcionada a Saúde na Escola, voltada para a implementação de um Programa de Escovação Diária, possibilitando um acompanhamento e orientação aos alunos. Em vista disto, a escola receberá pelo projeto a doação de 350 kits de escovação, juntamente com uma atividade coletiva, que contará com participação ativa dos educadores, alunos e comunidade, para a construção de um Escovódromo Sustentável, todo feito dentro dos conceitos da Bioconstrução e com materiais reutilizáveis como pneus, pedaços de madeira e paletes que seriam descartados.

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, a equipe médica que está participando do projeto já acompanha ações com o Instituto há mais de 10 anos, realizando atendimento principalmente dentro de escolas da rede pública. 

“Por meio de políticas públicas, conseguimos fazer com que muitos jovens não apresentem, em futuro, problemas graves como da ausência de dentes, muitas vezes extraídos por cáries, já na adolescência. O simples gesto de aprender a escovar os dentes, ou mesmo de lavar as mãos, pode trazer mudanças significativas de auto estima e inclusive de economia ao poder público, uma vez que muitos casos de problemas de saúde deixam de existir pela ação de prevenção e educação integrada. Isso já foi provado em dezenas de municípios em que atuamos nos últimos 17 anos”, afirmou Salvatore. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.