Produtos corretos

Lavar o cabelo todos os dias sem prejudicar os fios

00:00 · 31.03.2018
Cabelo
O uso da água quente para lavar os fios provoca a abertura da cutícula das hastes, tornando-os vulneráveis à formação de pontas duplas e ao ressecamento

As dúvidas são constantes quanto aos cuidados diários com os cabelos, principalmente no caso dos praticantes de exercícios físicos, por conta da transpiração. Segundo a dermatologista Dra. Valéria Marcondes, lavar o cabelo todos os dias, desde que a pessoa utilize bons produtos, e de preferência alterne shampoos mais suaves com tratamento específico, não traz problemas à saúde do couro cabeludo ou às hastes dos fios.

O ideal é não abusar da água quente, evitar lavar os cabelos à noite e nunca dormir com os fios molhados, o que provoca dermatite seborreica e queda. "É melhor lavá-los após a prática esportiva do que manter o suor no couro cabeludo e fios", completa a dermatologista.

O cloreto de sódio produzido no suor, em excesso, pode causar obstrução dos folículos e queda, além de ressecar os fios.

Por isso, antes do exercício, pode ser usado um óleo com ação antioxidante ou leave-in.

Outra forma de evitar problemas relacionados ao suor é a utilização de pré-shampoos antes de ir à academia. "O pré-shampoo controla a oleosidade do couro cabeludo e traz fórmulas que podem fazer um tratamento reparador para os fios", diz a Dra. Valéria Marcondes.

Após a lavagem, a especialista recomenda o uso do condicionador e do leave-in para manter os cabelos saudáveis. Além dos extratos vegetais, outras substâncias podem ser usadas diariamente para tratar os fios, principalmente se eles sofreram com processos químicos de coloração e descoloração e com uso da chapinha e do secador.

No caso de quem tem dermatite seborreica, uma boa alternativa é utilizar tônico capilar com defenscalp. "O ativo patenteado, desenvolvido para regular a proliferação da Malassezia, fungos encontrados na superfície do couro cabeludo, elimina a caspa, reduz a oleosidade capilar e preserva o microbiota do couro cabeludo", complementa a farmacêutica Mika Yamaguchi.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.