américa latina

Informar sobre vacinas salva vidas

Por que as vacinas são a forma de prevenção mais segura contra uma série de enfermidades

As vacinas possuem uma grande importância para a saúde pública. Daí ser fundamental acompanhar o calendário de vacinação e não perder nenhuma campanha
00:00 · 28.04.2018 por Giovanna Sampaio - Editora

Partindo do princípio de ser necessário prevenir tudo aquilo que for possível e curar tudo o que for curável, leva-se a conclusão de que a vacinação tanto é um direto como uma obrigação de todo cidadão. É o que justifica Ana Rita González, doutora em políticas públicas e uma das palestrantes do "Summit O Valor da Vacinação nas Américas".

O evento, realizado pela Sanofi Pasteur, dia 18 de abril, na sede da Embaixada da França, em Buenos Aires (Argentina), teve como objetivo fortalecer as estratégias de vacinação na região das Américas.

Bem protegidos

Nesse sentido, tem sido imprescindível - em tempos de fake news - a forma como as informações sobre a vacinação chegam até a população. "A comunicação efetiva - clara para todos - muda a atitude das pessoas", argumenta Guadalupe Nogués, doutora em biologia molecular e especialista em divulgação científica.

"Devemos mostrar o quanto as vacinas são seguras. E que a imunidade de um grupo protege as pessoas vulneráveis ('efeito rebanho')", indica Guadalupe. A imunização coletiva ocorre quando um alto índice da população está protegida contra um vírus ou bactéria por meio de uma vacina.

"Não podemos subestimar as doenças que já foram erradicadas", enfatiza a Dra. Carla Vizzotti, presidente da Sociedade Argentina de Vacinação e Epidemiologia.

Custo x benefício

Se vacinas salvam vidas, é vital não subestimar os dados sobre os efeitos da gripe. "A contaminação aérea do vírus Influenza é altamente contagiosa, podendo atingir outros órgãos. Uma pessoa pode infectar até outras duas no mesmo ambiente", esclarece a Dra. Patrícia Cervantes, diretora médica da Sanofi Pasteur para a América Latina.

Importante: estudos comprovam que a vacina contra influenza também protege contra uma série de doenças (as metabólicas, problema neurológico e renal), enquanto a proteção para problemas cardíacos pode chegar a 67%. Cervantes lembra, ainda, que a vacina tetravalente representa um maior impacto positivo em termos de custo-benefício.

Testemunho

"Não dá para minimizar um caso de gripe", alerta a diretora de Operações da "Familles Fighting Flu", Serese Marotta, que teve seu filho Joseph, cinco anos, vitimado pela gripe após 10 dias de hospitalização.

"Era uma criança sã. Não poderia imaginar que o vírus tiraria a vida de uma pessoa da minha família". Marotta transformou o sofrimento na missão de difundir a vacinação como forma mais eficaz de salvar vidas. "É preciso imunizar todos os membros de uma comunidade", declara.

*A jornalista viajou a Buenos Aires a convite da Sanofi Pasteur

Fique por dentro

Controle de qualidade e segurança

"As vacinas e a água potável são as ferramentas mais importantes para a prevenção de enfermidades". A frase do médico e professor de pediatria Stanley Plotkin é citada por Juan Martin Melli, gerente da Sanofi Pasteur para o Cone Sul para mostrar a importância da imunização.

Para entender a complexidade e o controle de qualidade necessário para a elaboração de vacinas, o grupo de jornalistas da América Latina conheceu as instalações do parque industrial Pilar da Sanofi Pasteur, única unidade a produzir o antígeno de hepatite B para a vacina hexavalente (fragmentada e inativada).

"Devemos aumentar nossa capacidade de apoiar o crescimento da vacinação hexavalente e fornecer HepB para novos mercados", segundo informa Adriana Vives, diretora de assuntos industriais.

Além da unidade fabril localizada na Argentina, a Sanofi Pasteur conta com 11 indústrias espalhadas pello mundo. No Brasil, informa Juan Martin, o laboratório tem acordos para a produção de vacinas firmados com o Instituto Butantan e a Fundação Oswaldo Cruz.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.