coluna

Top.com: Vitamina D

00:00 · 15.07.2017

O Departamento de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria diz que a vitamina D nas crianças é fundamental até os dois anos de idade. Além da prevenção, a exposição solar assegura os níveis adequados nos 12 primeiros meses de vida. Para o pediatra Dr. Marco Aurélio Safadi, "o estímulo à prática de atividades ao ar livre e o consumo regular de alimentos fonte de vitamina D são recomendados para crianças e adolescentes na prevenção da sua deficiência", diz o médico.

Higiene

Segundo a Presidente da Associação Brasileira de Odontologia de Brasília, Heloísa Crisóstomo, "trocar a escova a cada três meses, seja por desgaste do tempo de uso ou por contaminação, ajuda a manter a saúde oral e geral dos dentes. Quando as cerdas não estiverem mais alinhadas, podem gerar doenças infecciosas e prejudicar a estética", diz.

Estação fria

Para quem pretende curtir as férias em lugares frios, a médica do esporte Dra. Silvana Vertematti diz que praticar exercícios no inverno requer o uso de agasalhos, pelo menos até o aquecimento e trocar a roupa suada após o treino. "Esses cuidados são essenciais para manter a temperatura corpórea", descreve a especialista.

Alimentação I Mesmo com a chegada das férias, a alimentação balanceada e os hábitos saudáveis devem ser mantidos. É o que orienta a nutricionista Aliny Morais. "É comum neste período de descanso adultos, jovens e crianças se descuidarem da dieta. Apesar dos deslizes, o mais importante é consumir alimentos saudáveis e evitar pular as refeições", alerta.

Alimentação II Uma sugestão da nutricionista é buscar fontes de hidratação como água, sucos, água de coco e bebidas com maior valor nutritivo que ajudem a lidar com o calor da época. "Com as crianças, a ideia é aproveitar o tempo livre para ensiná-las receitas como bolo de cenoura com calda de chocolate. A pipoca caseira é uma boa opção de lanche", indica Aliny Morais.

Rugas verticais

A posição de dormir pode influenciar na formação de rugas verticais. De acordo com o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, as rugas que se formam na testa estão ligadas à posição de dormir de lado. Isso faz com que a pele 'dobre' sempre no mesmo local, o que favorece o aparecimento das rugas, principalmente a partir dos 40 anos. "O resultado têm influência do envelhecimento celular, porque com o tempo a pele deixa de ser jovem e passa a perde a elasticidade ", destaca o dermatologista.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.